Vacas e tubos no México

Aos 14 anos, Yan Sondahl mescla momentos de tensão e adrenalina em sua primeira temporada nos tubos pesados de Puerto Escondido.

0

Um misto de medo, curiosidades e muita adrenalina, assim foi a trip recente do grommet Yan Sondahl ao México. Com a previsão de um excelente swell e a probabilidade de acontecer a Puerto Escondido Cup, Felipe Cesarano (Gordo) fez o convite para o jovem surfista acompanhá-lo nos pesados beach breaks da região.

Aos 14 anos, mesmo com quatro temporadas na Indonésia no currículo e ter morado em frente à Off-The-Wall, no North Shore de Oahu, esta seria a primeira viagem de Yan sem a companhia da família. Esse clima gerou certa tensão, pois seus pais sabiam que ele enfrentaria um mar diferente, pesado, com muita correnteza, grande e tubular.

O que minimizou um pouco a preocupação foi que, além de Felipe Cesarano, também estariam presentes na viagem André Pássaro e os experientes big riders brasileiros Lucas Chumbo e Pedro Calado.

Malas e pranchas prontas e lá se foi Yan em busca de muita emoção no México. Chegando ao país, Sondahl deparou-se com ondas pesadas de 8 a 12 pés. Lucas Chumbo, ao vê-lo entrar no mar sozinho, logo quis acompanhá-lo para que o jovem aprendesse a se posicionar em Puerto. E assim foram os dias seguintes: altas ondas, fechadeiras, muitas vacas e tacos.