Surfistas em confinamento

Países como Itália, França, Espanha e Peru proíbem a prática do surfe durante a pandemia de coronavírus. Brasil seguirá pelo mesmo caminho?

0
Corpo de Bombeiros tem orientado a população a deixar as praias em boa parte do território brasileiro.

A pandemia de Covid-19 está causando mudanças profundas na rotina de milhões de pessoas em pelo menos 114 países. Na Europa Ocidental, uma das regiões mais afetadas do mundo, milhares de surfistas estão em quarentena forçada e a prática do esporte foi expressamente proibida na França, Espanha e Itália.

Em Portugal, a situação é um pouco diferente, e o governo proibiu apenas a aglomeração de grupos com mais de cinco pessoas na praia. Apesar disso, as autoridades lusitanas têm desencorajado os surfistas na areia e orientando que ao menos respeitem a distância mínima de 1 metro entre eles no outside.

“Eu nunca esperava que as coisas chegariam a este ponto. Pelo menos na minha cidade não há ninguém nas ruas”, afirma o basco Kepa Acero. No entanto, na última terça-feira (17), um surfista foi flagrado desrespeitando a quarentena forçada em Zarautz e acabou multado pela polícia local.

“Estou enlouquecendo em casa! Mas acho que isso é algo que precisamos fazer agora. Quanto mais cedo pararmos, mais cedo voltaremos a surfar”, completou Kepa em depoimento ao site Surfline.

Surfista é multado por agentes de segurança em Zarautz.

Na América do Sul, o primeiro país a tomar uma atitude mais rígida foi o Peru. O surfe está proibido pelas próximas duas semanas no país e até a campeão mundial Sofia Mulanovich foi às redes sociais fazer um apelo para que as pessoas fiquem em casa.

No Brasil, nenhuma restrição específica ao surfe ainda foi anunciada, mas o Corpo de Bombeiros está tentando conscientizar a população – principalmente nos litorais paulista, fluminense e catarinense – que saia imediatamente das praias.

Apesar disso, moradores de diversos municípios do litoral têm reclamado que as suas praias estão ficando lotadas de turistas e que não há estrutura médica para atender tanta demanda caso haja um surto de coronavírus nestes locais.

Em matéria publicada pelo Waves na última quarta-feira (17), o médico Marcelo Baboghluian explicou algumas medidas que os surfistas devem tomar para ajudar a combater a pandemia e reforçou o pedido de que quarentena não é férias.

Covid-19 pelo mundo

Itália:

View this post on Instagram

As you know the situation in Italy is tough and the news has a way of presenting things in its own way without allowing you to know how the situation truly is at the moment. We are under lockdown in our homes for at least the next 20 days. This is a message for all of you abroad… BE CAREFUL! Don’t shake hands, avoid crowded places, as prevention is the only key to escape what we are forced to live at this moment. This is a global problem, we as a nation made a giant error at the start of the epidemic, which became a pandemic. Do not make the same mistake, nature will thank us as well for a stop. I’m using all the best session I’ve had this winter in my beautiful country ITALY. Hope you enjoy the video and my message. Please spread as much as you can. #STAYATHOME A short by @aledotti_videography Filmed by: @waves.hunter @lem_ontrees @leonardopaparusso12 @snils Thanks to @tomscollo as well for support and ideas. #Italy #surfing #pandemia #covid19 #iostoacasa #stayathome

A post shared by Roberto D'amico (@robydamico) on

Espanha:

View this post on Instagram

Don’t surf. We are no authority at all but in this time of uncertainty where countries are being locked down and COVID-19’s growth is unquestionable, common sense about social distance, hygiene and avoiding risks is a no brainer. Let the waves rest for now. 🤦🏼‍♂️ . #PukasSurf #Surfboards #Covid19 #DontSurf

A post shared by Pukas Surf (@pukassurf) on

Portugal:

View this post on Instagram

Life goes fast, too fast sometimes Its good to slow down and appreciate the amazing moments, places, people we have met around the world. Its a time of change for everyone, change is good. lets stay positive and wish for the best. Everyone #staythefuckathome so we can all appreciate the good moments again Photo by @benthouard @hurley @monsterenergy @opelpt . . . #fuckcoronavirus #stayathome #surf #surfing #surfer #surftahiti #surfportugal #coronaportugal #stayathomeportugal #tahiti #surfeurope #surfsick #nicvonrupp #nicvonruppがかっこいい #vonfroth #vonfrothseries #youtube

A post shared by Nic von Rupp (@nicvonrupp) on

Peru:

View this post on Instagram

Para todos mis amigos los tablistas !!! Quédense en su casa y seamos responsables !!! Las olas van a estar ahí siempre por dos semanas sin correr olas no pasa nada. Hay que dar el ejemplo !! #yomequedoencasa #darejemplo #solidaridad . .

A post shared by Sofia Mulanovich (@smulanovich) on

Brasil:

View this post on Instagram

Cheguei da Austrália no domingo, com um quadro de sinusite, e fui direto me consultar, era uma situação de risco, principalmente por ter passado por 3 aeroportos em 2 dias! Por falta de material disponível a coleta que foi feita não será concluída, então estou de molho por 7 dias, até que tudo melhore! Realmente esse momento é mto importante, vamos ser consciente e ficar em casa, assim esse virus não se espalhará! 🙏🏻💪🏻

A post shared by Willian Cardoso (@williancardoso) on