Murilão falece no Havaí

Pioneiro da laminação, brasileiro Murilão falece no North Shore de Oahu, Havaí.

0
Murilão era referência na laminação e respeitado por todos no North Shore de Oahu.

O brasileiro Maurílio Gomes, o Murilão, pioneiro da laminação, faleceu no início desta semana aos 79 anos, ainda de causas desconhecidas, no North Shore de Oahu, Havaí.

Local de São Conrado, Rio de Janeiro (RJ), Murilão mudou-se para o arquipélago no início dos anos 1990, onde trabalhou ao lado dos principais shapers e conquistou o respeito da comunidade local.

Um dos seus picos preferidos era Sunset, onde Murilão podia ser visto com frequência. Nascido na favela, ele começou trabalhando com o lendário Coronel Parreira, da Surfboards São Conrado, e ganhou o mundo, chegando a realizar uma viagem de fusca do Brasil à Califórnia (EUA).

“Murilão era um legend das antigas. Inclusive quando a Clark Foam chegou ao Brasil, foi ele que deu os moldes, formas e todo o suporte”, conta o fotógrafo Bruno Lemos, que reside no North Shore.

“Infelizmente ele estava com a saúde debilitada há um tempo, ficou sem trabalho e estava em uma situação chata, morando em abrigos da Prefeitura. Recentemente a saúde dele piorou, ele deu entrada no hospital Queens, mas estava ótimo de cabeça e não queria incomodar ninguém”, conta Lemos.

A notícia de sua morte foi dada na última segunda-feira (17) pelo serviço de assistência social do Havaí. O Waves presta condolências à família e amigos de Maurílio Gomes.

Entrevista 2012: