Cartão-postal implodido

Obras de pavimentação e ampliação da estrada do Ouvidor destroem tradicional cartão-postal do pico de Garopaba (SC).

0

Em abril deste ano, a Prefeitura de Garopaba e o Ministério Público proibiram o acesso de carros na faixa de areia da praia do Ouvidor, litoral sul catarinense.

A medida teve como base o Plano de Manejo da Área de Preservação Ambiental (APA da Baleia Franca) e abrangeu outros nove municípios da região.

Mas, desde a proibição, obras de pavimentação da Estrada Geral do Ouvidor – que dá acesso à praia –, além da criação de novos bolsões de estacionamento, vêm gerando revolta em moradores locais por não respeitar o meio ambiente e destruir um dos principais cartões-postais do local, a Pedra do Macaco.

“Acabaram com o cartão-postal da estrada que leva até a praia do Ouvidor. Estas pedras eram conhecidas como ‘Pedra do Macaco’, porque os macacos pulavam de uma para a outra. Passei parte de minha infância brincando aí, muito triste”, relata o morador local Adão Filho ao ver o local ser implodido para a ampliação da estrada.

A empresa responsável pela execução da obra é a AMVT, de Santo Amaro da Imperatriz (SC). Segundo a Prefeitura, o futuro calçamento no Ouvidor terá 14 metros de largura, permitindo o estacionamento em 45 graus.