Big riders em alerta

Formação de ciclone extratropical deixa big riders em alerta nos litorais sul e sudeste do Brasil.

0
Praia do Cardoso, no Farol de Santa Marta, costuma segurar grandes ondulações.

Um fenômeno que se formará no sábado (27) na costa gaúcha e poderá gerar grandes ondas nos litorais sul e sudeste do Brasil está sendo acompanhado de perto por especialistas.

Responsável pelas previsões do tempo no instituto Climaterra, Ronaldo Coutinho teve um áudio vazado, em que diz que toda faixa leste do Rio Grande do Sul e Santa Catarina irá sentir o fenômeno, com ventos fortes e ressacas, segundo o especialista.

De acordo com o meteorologista da Epagri/Ciram Clóvis Correa, as projeções são de que o ciclone extratropical atinja também o Paraná, com previsão para ventos fortes que podem ser de 80 km/h a 100 km/h.

“Há um sistema de baixa pressão sobre o Rio Grande do Sul que fará com o que o ciclone extratropical se forme”, relata Correa.

Áudio causa preocupação nas redes sociais

Desde terça feira (23), circula pelas redes sociais um áudio do agrônomo Ronaldo Coutinho falando sobre as projeções para a formação do ciclone com ventos de mais de 120 km/h na costa gaúcha e catarinense.

No áudio, ele compara modelos de previsões como europeu, norte-americano, canadense e brasileiro. O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) também fez projeções que causaram grande alvoroço nas redes sociais.

Segundo Coutinho, os modelos de previsões apontam diferenças na classificação do ciclone, tido até agora como extratropical. Ele diz que o modelo europeu aponta a formação de um ciclone explosivo e que pode ter ventos de até 150 km/h.

“Preocupa o quadro apresentado pelo modelo europeu, porque manteve os dados que mostrou dias atrás. É muito perto para estar tão errado”, diz Coutinho no áudio.

Defesa Civil emite alerta

A previsão de forte ressaca em todo litoral sul e sudeste do Brasil colocou big riders em alerta máximo.

As notícias sobre o forte ciclone e consequente ressaca que se formará bem próximo as costas gaúchas e catarinense, fez com que a Defesa Civil de Santa Catarina emitisse alerta ainda nesta quarta-feira (24) para as condições do tempo e do mar para o final de semana.

A movimentação entre os big riders de plantão já começou pelo litoral sul do Brasil. A previsão é que a ressaca, que poderá chegar de surpresa, deverá atingir os litorais paulista e fluminense entre terça e quarta-feira.

Se as previsões se confirmarem e o swell não perder força, lajes em mar aberto e picos de ondas grandes farão a cabeça da galera na próxima semana.

Autoridades deveriam ficar alertas, segundo Coutinho

Nesta quarta-feira, Coutinho confirmou suas previsões a uma rádio de Criciúma, no sul de Santa Catarina, e disse que a conversa não deveria ter sido tornada pública, mas ressaltou que são apenas previsões.

Ele também disse que as autoridades deveriam ficar alertas e que a previsão não é de chuva, mas de ventos fortes durante o sábado. Coutinho afirmou na entrevista que três dos quatro modelos de previsão já apontam o fenômeno, já que estão repetindo as informações a cada atualização.

Coutinho confirmou no seu Facebook a veracidade do áudio. “Este aviso seria dado apenas na quinta de noite ou sexta, mas infelizmente um cliente mandou o ‘zap’ para outros sem nossa autorização e deu esta confusão toda. Olhando os modelos, para nós existe esta chance e informaremos dentro do possível esta tendência”, escreveu.

Ele também confirma que mantém o quadro de ventania no sábado e domingo com rajadas que podem chegar a 130 km/h nos locais de maior altitude.

Clique aqui para acessar o Wavescheck e conferir a previsão de ondas para este final de semana em todo o litoral brasileiro.