Lifestyle representado

Banda Roks apresenta o clipe Ninguém É Igual A Ninguém, com imagens de surfe e do lifestyle de praia.

0

A banda Roks lançou no início de julho o clipe de “Ninguém É Igual A Ninguém”. A faixa, originalmente presente no primeiro disco do grupo “Depois Do Fim”, lançado em novembro de 2017, ganhou uma nova versão com participação de Fernando Badauí, vocalista do CPM22.

Com direção de Rodrigo Thuler, baterista da banda e que estreia na função de diretor, em parceria com a produtora Dead Pixel, edição e finalização por Willer Carvalho, o vídeo conta com imagens escolhidas cuidadosamente de atletas, músicos, influenciadores e, claro, da banda.

Rodrigo explica de onde surgiu a ideia de fazer o clipe, “A Roks fez alguns shows no litoral norte de São Paulo e ficamos conhecidos na região. Muita gente que frequenta e mora por ali pega onda, anda de skate, ou seja, tem alguma ligação com esportes, e depois de nos conhecerem, começaram a dizer que a ‘Ninguém É Igual A Ninguém’ tinha que ter um clipe com esse lifestyle, pois tinha tudo a ver.”

“Amadureci a ideia com o resto da banda e tive a ideia de misturar imagens de esporte de ação com lifestyle. Então, fui atrás de um diretor e quando cheguei no Gustavo Michelucci, sócio da Dead Pixel, ele sugeriu que eu mesmo dirigisse, já que a ideia estava tão bem construída na minha cabeça, ofereceu a produtora como base, além de indicar o Willer para fazer a edição e finalização.”, finaliza o baterista.

No clipe, “Ninguém É Igual A Ninguém” vira trilha sonora para as manobras de Gabriel Medina, Filipe Toledo, Miguel e Samuel Pupo, Thiago Camarão, Jonathan Paiva, Yndiara Asp, Rony Gomes, Karen Jonz, Marcelo Castilho, dentre outros atletas.

As gravações dos vocais de Ivan Sader e Badauí também aparecem no clipe, assim como imagens de Rachel Apollonio, Gabi Lopes e Isabella Santoni em Bali, na Indonésia, e das modelos Paola e Georgia, no Havaí. É claro que também há registros da banda em ação e interagindo com amigos.

Sobre a Roks A Roks é composta por Ivan Sader (voz), Fred Gonçalves (guitarra) e Rodrigo Thurler (bateria), e está na estrada desde julho de 2015. Apesar do pouco tempo de existência, a banda já se apresentou em diversos estados brasileiros, tendo dividido palcos com grandes artistas e realizado shows nos Estados Unidos e Argentina.

Em novembro do ano passado lançaram o primeiro álbum, “Depois do Fim, que conta com oito músicas autorais. Com destaque para “O Momento é Agora” e a parceria com o Titã Sérgio Britto, “Mentiras”, que foram os primeiros singles de rádio da banda, além da versão de “Hoje Eu Quero Sair Só”,do Lenine.

Recentemente, a banda foi convidada para fazer a abertura do último show do O Rappa na capital paulista e agora se prepara para os próximos shows e lançamentos.