Brasil inspira selo

Trojan Jamaica anuncia o lançamento do selo latino-americano Trojan Brasil.

0
Trojan Brasil será o braço latino-americano do renomado selo Trojan Jamaica.

Zak Starkey e Sharna “Sshh” Liguz, a dupla fundadora do selo Trojan Jamaica, está animada com o lançamento do Trojan Brasil, o braço latino-americano da marca. Janeiro de 2020 marcou o início dessa parceria entre Brasil, Jamaica e Inglaterra com o lançamento de três singles, dentre eles: “Wake The Town”, do ícone U-Roy.

O artista é o precursor do que os jamaicanos chamam de toaster, o homem que faz o mundo inteiro se emocionar desde os anos 70 até hoje. Em seu novo single, ele revisita sua famosa canção “Wake The Town”, que vem reimaginada pela família Trojan Jamaica com reverbs inusitados e ainda mais grave. Entraram em estúdio os hitmakers e vencedores de Grammy Sly & Robbie (bateria e baixo, respectivamente), Tony Chin (da banda Soul Syndicate) e Robbie Lyn nos teclados.

A produção é de Youth, o baixista da banda Killing Joke e produtor musical de nomes como U2, Paul McCartney e The Verve. A mix é de David Sardy (Nine Inch Nails, Slayer, Oasis). A música é talvez mais irresistível que a original, que se tornou um hino internacional de destaque na cultura soundsystem/dancehall em 1970.

U-Roy veio ao Brasil em janeiro celebrar – e entoar – o relançamento do single “Wake The Town”. Este foi o primeiro grande hit do artista, que o estabeleceu como um pioneiro do que hoje se conhece como DJ e também como parte fundamental da cultura dancehall na Jamaica. O Trojan Brasil está muito feliz em relançar a faixa e tê-lo em palco.

Trojan Jamaica, o selo principal que trabalha com a BMG, foi lançado no início de 2019. Sua missão é trazer ao mundo a nova produção musical jamaicana. Seu repertório percorre o diverso legado musical da Jamaica, desde suas raízes africanas até as infinitas inspirações vindas da música negra norte-americana como a soul music, R&B e blues.

Com esse objetivo em mente, o primeiro lançamento, a coletânea Red, Gold, Green & Blue (que saiu em Julho de 2019) reúne estrelas como Toots & The Maytals, Big Youth, Mykal Rose, Andrew Tosh e outras, assumindo eternas canções de nomes como Muddy Waters, Robert Johnson, Willie Dixon, Fleetwood Mac, e mais. Um time de músicos extraordinários foi montado para se tornar o que é hoje a banda da família Trojan Jamaica: Zak Starkey (guitarra), Sly Dunbar (bateria), Robbie Shakespeare (baixo), Tony Chin (guitarra), Cyril Neville (bateria) e Leroy “Horsemouth” Wallace (bateria).

A história do Trojan Jamaica começou em 2016, quando Starkey, o filho do ex-Beatle Ringo Starr, conhecido por seu trabalho como baterista do The Who, Oasis e muitos outros grupos – e a artista e produtora australiana Sharna “Sshh” Liguz uniram-se no projeto SSHH para reinventar o hit de Bob Marley e Peter Tosh “Get Up Stand Up” ao lado de Eddie Vedder (Pearl Jam) com Carlton “Santa” Davis, Goerge “Full” Fullwood e Tony Chin, estes últimos três membros da banda jamaicana Soul Syndicate, que atuou desde o início dos anos 70 até meados dos 80. Um vídeo dessa performance chegou ao empresário jamaicano Kingsley Cooper, que convidou SSHH para se apresentarem na inauguração do Museu Peter Tosh, em Kingston, em novembro de 2016. A dupla então, se inspirou a trabalhar no que logo se chamaria Trojan Jamaica.

Para saber mais, siga o perfil @trojanjamaica no Instagram.