Reef artificial a caminho

Idealizado na Austrália, recife artificial Airwave promete transformar praias de ondas medianas em picos de qualidade internacional.

0
Airwave é feito a partir de uma mistura de areia e ar e não é prejudicial ao meio ambiente.

Projetado pelo australiano Troy Bottegal, o reef artificial Airwave promete transformar praias de ondas medianas em picos de qualidade internacional.

Instalado no fundo do oceano, a aproximadamente 50 metros da costa, ele imita um recife natural e, de acordo com o idealizador, terá a capacidade de produzir longas paredes manobráveis.

O sistema prepara-se para entrar em fase de testes no final deste mês em Bunbury, cidade do oeste da Austrália e a cerca de 100 km de Margaret River.

Projeto do Airwave, criado por Troy Bottegal.

O Airwave tem formato de disco, com 2 metros de altura e 12 metros de diâmetro. Ele é preenchido com uma mistura de areia e ar e não é prejudicial ao meio ambiente, segundo Troy Bottegal.

O projeto foi incentivado pela prefeitura de Bunburry e será estudado de perto por alunos da West Australian University. Os primeiros testes serão transmitidos ao vivo.

Se for bem-sucedido, o conceito do Airwave será oferecido a cidades litorâneas que recebam ondulações frequentes em todo o mundo, Além de um estimulante econômico, ele seria uma alternativa mais sustentável às piscinas de ondas.