O show tem que continuar

WSL obtém licença para a realização de campeonatos no arquipélago havaiano pelos próximos três anos.

0
Praia de Pipeline lotada durante o último Billabong Pipe Masters.

Depois de seis eventos nas últimas oito semanas em solo havaiano, a World Surf League (WSL) anunciou no último sábado (29) que fechou contrato com o Condado de Honolulu para a realização de campeonatos no arquipélago pelas próximas três temporadas.

No começo deste ano, a entidade tentou – sem sucesso – mudar seu calendário para esta temporada de inverno. A intenção da WSL era conseguir uma permissão municipal para cancelar o Volcom Pipe Pro no final de janeiro e promover dois Pipe Masters consecutivos, um fechando e outro abrindo a temporada do Championship Tour.

Ao ter seu pedido negado, Sophie Goldschmidt, CEO da WSL, elevou o tom em declarações contra o prefeito de Honolulu, Kirk Caldwell, e ameaçou retirar os eventos da entidade no Havaí. Mas uma reunião a portas fechadas selou a paz e garantiu a realização dos campeonatos e do Pipe Masters nesta temporada, ainda que sem o formato desejado pela entidade.

Com o acordo divulgado neste sábado, os eventos da WSL no Havaí estão garantidos no formato atual pelo menos até 2021. O Pipe Masters continua fechando a temporada e o QS 3.000 segue em ação em janeiro na bancada havaiana.

Gabriel Medina e Jessé Mendes levam o Brasil ao topo do pódio nesta temporada havaiana.

“O Havaí é sinônimo de surfe e uma comunidade extremamente importante para a WSL”, diz Goldschmidt. “A manutenção desta permissão é um grande passo para garantir que os melhores surfistas do mundo continuem sendo testados nas ondas consagradas do Havaí, mas que esses eventos também tenham a infraestrutura necessária e desenvolvam novos talentos na região”, complementa a dirigente.

Festa brasileira Em 2018, os brasileiros dominaram os dois principais eventos promovidos pela entidade no arquipélago. Enquanto Gabriel Medina coroou seu bicampeonato com uma vitória no Pipe Masters, Jessé Mendes faturou a Tríplice Coroa Havaiana.

Calendário da WSL no Havaí até 2021.

Sunset Open: Sunset Beach, 18 a 28 de janeiro (QS 1.000)
Volcom Pipe Pro: Banzai Pipeline, 29 de janeiro a 10 de fevereiro (QS 3.000)
HIC Sunset Pro: Sunset Beach, 28 de outubro a 10 de novembro (QS 3.000)
Hawaiian Pro: Haleiwa Ali’i Beach, 13 a 24 de novembro (QS 10.000 + Tríplice Coroa)
Vans World Cup: Sunset Beach, 25 a 7 de dezembro (QS 10.000 + Tríplice Coroa)
Billabong Pipe Masters: Banzai Pipeline, 8 a 20 de dezembro (Championship Tour + Tríplice Coroa)

Calendário do Championship Tour 2019

Gold Coast Men’s Pro: Snapper Rocks, Abril 3 – 13, 2019
Rip Curl Pro: Bells Beach, Abril 17 – 27, 2019
Bali Men’s Pro: Keramas, Maio 13 – 24, 2019
Margaret River Pro: Maio 27 – Junho 7, 2019
Oi Rio Pro: Saquarema, Junho 20 – 28, 2019
J-Bay Open: Jeffreys Bay, Julho 9 – 22, 2019
Tahiti Pro: Teahupo’o, Agosto 21 – Setembro 1, 2019
Surf Ranch Pro: Setembro 19 – 22, 2019
France Men’s Pro: Hossegor, Outubro 3 – 13, 2019
Meo Pro Peniche: Supertubos, Outubro 16 – 28, 2019
Billabong Pipe Masters: Pipeline, Dezembro 8 – 20, 2019