Nike cogita venda

Nike estuda a possibilidade de venda da marca de surfwear Hurley.

0
Nascida na Califórnia, Hurley é uma das principais marcas de surfwear do mundo.

A Nike Inc., maior fabricante de roupas esportivas do mundo, está explorando opções de mercado para a Hurley International, incluindo uma possível venda, segundo matéria publicada pela agência de notícias Reuters.

“A potencial redução de investimento da Nike no mercado de surfwear é a mesma postura da maioria das grandes empresas em relação ao setor”, diz a matéria assinada por Harry Brumpton e Joshua Franklin. “As marcas de surfe perderam o apelo entre os consumidores não surfistas, que agora preferem marcas de butique e streetwear retrô”, completam os jornalistas.

Entre as opções que a Nike considera está a venda direta da marca nascida em Costa Mesa, Califórnia (EUA), de acordo com fontes que preferiram o anonimato. Ainda segundo a matéria, não está claro o valor que a Nike poderia lucrar com a venda da Hurley. A empresa se negou a comentar o assunto.

A Nike comprou a Hurley do fundador Bob Hurley em 2002, por uma quantia não revelada, em um esforço para expandir seu mercado em roupas esportivas voltadas ao surfe, skate e snowboard. Bob Hurley fundou a empresa em 1979 e alcançou notoriedade na década de 1970 ao shapear a prancha do campeão mundial Wayne “Rabbit” Bartholomew.

Nos últimos anos, o crescente apetite por roupas associadas ao estilo de vida e cultura de praia diminuiu, a ponto de a ex-líder global Quiksilver entrar com pedido de concordata em 2015, antes de ser adquirida pela empresa de capital privado Oaktree.

No ano passado, a Boardriders Inc., a empresa por trás da Quiksilver, Roxy e DC Shoes e que pertence à Oaktree, adquiriu sua concorrente rival australiana, a Billabong, dona da marca homônima, juntamente com outras marcas como Element, RVCA e VonZipper.