Pranchões duelam na Califa

Phil Rajzman, Chloé Calmon, Rodrigo Sphaier e Atalanta Batista disputam a primeira etapa do cobiçado Surf Relik neste final de semana (22 e 23) em Malibu, Califórnia (EUA).

0
Bicampeão mundial, Phil Rajzman participa de evento na Califórnia.

Os principais longboarders da atualidade já estão na Califórnia (EUA) para a disputa da primeira etapa do Surf Relik, neste final de semana (22 e 23), em First Point, Malibu.

Evento que valoriza o estilo clássico do longboard, o Surf Relik distribui premiação total de US$ 100 mil por etapa, a maior da história do campeonato. Participam do evento os brasileiros Phil Rajzman, Chloé Calmon, Rodrigo Sphaier e Atalanta Batista.

Este ano o campeonato apresenta um novo formato de julgamento e vai dividir os estilos clássico e moderno entre as duas etapas, com o mesmo peso.  Em Malibu, valem mais pontos as manobras clássicas, como o domínio do bico, a fluidez e os movimentos mais lentos.

Já em Lower Trestles, também na Califórnia e onde vai rolar a segunda etapa, de 1 a 10 de outubro, os juízes esperam ver mais manobras de alta performance, com velocidade e ataque ao lip.

Arquivo pessoal
Chloé Calmon também representa o Brasil na disputa.

Para os brasileiros, o mix pode ser bem favorável, principalmente para o bicampeão mundial de longboard, Phil Rajzman, que é um dos ícones do longboard progressivo e conhecido mundialmente por realizar com facilidade aéreos e manobras mais comuns no surfe.

O Relik foi criado em 2017 com a intenção de valorizar o esporte e celebrar a cultura longboard. Este ano, atletas de todo mundo puderam se inscrever para participar do evento, através de vídeos enviados para o site e da votação dos internautas. Os top 8 das categorias masculina e feminina, respectivamente, garantiram suas vagas.

O evento é transmitido ao vivo no site Surf Relik.