QS cancelado em Durban

Esgoto toma conta de Durban e QS 1.000 é cancelado na África do Sul.

0
North Point seria o palco do QS 1.000 em Durban.

Um grave vazamento de esgoto forçou o cancelamento de uma etapa do QS 1.000 no último final de semana em Durban, África do Sul. O evento, que aconteceria entre os dias 10 e 12 de maio, teve que ser cancelado devido às condições impróprias para os surfistas.

Segundo o site sul-africano Zigzag, que é um dos patrocinadores da etapa, a falha nas bombas de uma estação de tratamento levou o vazamento de aproximadamente 720 mil litros de esgoto por hora. Todas as praias da cidade foram fechadas para mergulho e pesca.

“Não foi uma tarefa fácil e pensamos em muitas alternativas”, afirma Colin Fitch, tour manager da WSL na África. ” Mas precisamos manter os padrões de segurança associados a um evento esportivo internacional e temos o apoio da Surfing South Africa nesta decisão”, completa Fitch.

“Começar o evento e não ser capaz de completá-lo até o domingo significaria que nenhum vencedor seria declarado e os competidores perderiam o reembolso das taxas de inscrição. Devido às regras da WSL, assim que um evento estiver em andamento, a opção de reembolso é perdida”, afirma o Zigzag, parceiro de longa data do campeonato.

“Nossa turnê regional é tão importante para nós, nossos patrocinadores e especialmente nossos membros, mas não vamos ter nenhuma chance com o futuro do nosso esporte se não fizermos a coisa certa. Portanto, a melhor opção foi cancelar o evento”, acrescentou Fitch.

A próxima parada da WSL na África do Sul é o Vans Surf Pro Classic, QS 1.500 entre os dias 31 de maio e 2 de junho em Lambert’s Bay.