WSL fecha patrocínio

Empresa norte-americana de canabidiol medicinal (CBD) será a patrocinadora da etapa do WSL Big Wave Championship em Jaws, Havaí.

0
Billy Kemper durante a última etapa do Big Wave Tour em Jaws.

A World Surf League (WSL) anunciou nesta segunda-feira (3) uma parceria inédita com a cbdMD, marca norte-americana especializada em canabidiol medicinal (CBD). A empresa será a patrocinadora oficial do Jaws Big Wave Championships, evento que faz parte do Big Wave 2019/2020.

A nova temporada de ondas grandes terá dois eventos para definir os campeões mundiais, o cbdMD Jaws Big Wave Championships e o Nazaré Tow Surfing Challenge. O período oficial para a realização de ambos os eventos iniciou em 1º de novembro e vai até 31 de março de 2020.

A parceria com a cbdMD marca o maior negócio da história do Big Wave da WSL e o primeiro patrocínio de CBD com a entidade. O cbdMD já patrocina atletas de ponta em vários esportes, como os representantes olímpicos Kerri Walsh Jennings e Lolo Jones, o jogador de golfe profissional Bubba Watson, além dos surfistas de ondas grandes Makua Rothman e Nathan Florence.

Em 1 de janeiro de 2018, a Agência Mundial Antidoping (WADA) removeu o CBD da lista de substâncias proibidas, dentro ou fora da competição.

“Estamos extremamente felizes em anunciar nossa parceria com a WSL para o evento cbdMD Jaws Championship este ano”, diz o presidente da cbdMD, Caryn Dunayer. “O surfe tem sido parte integrante da nossa estratégia para crescimento da marca na comunidade de esportes radicais e estamos gratos por termos essa oportunidade de solidificar nossa presença”.

“A WSL está sempre tentando estender os limites da progressão e abrir novos caminhos para o nosso esporte”, acrescenta Cherie Cohen, diretora comercial da WSL.

“Estamos empolgados em anunciar nossa primeira parceria da CBD com a WSL, através do patrocínio ao Jaws Big Wave Championships. A performance e a recuperação são essenciais para o surfe, especialmente o surfe de ondas grandes, com os desafios únicos do esporte. Essa parceria com um líder da categoria CBD, ajudará a informar os consumidores dos benefícios do canabidiol medicinal”.

cbdMD patrocina atletas de elite em diferentes esportes.

Formato na remada O formato para o evento de Maui na remada terá 24 competidores na categoria masculina, divididos em quatro baterias de seis surfistas na primeira rodada. As baterias são geralmente de 45 minutos de duração e os surfistas podem pegar quantas ondas desejarem, com um painel de cinco juízes dando notas para cada onda em uma escala de 1 a 10.

Serão computadas as duas melhores ondas de cada competidor e a maior delas terá sua pontuação dobrada. Os três surfistas que atingirem as maiores somatórias, avançam para as semifinais, que acontecem no mesmo formato, com os três primeiros colocados de cada bateria seguindo para a grande final.

A categoria feminina é disputada em um formato semelhante, porém com apenas dez surfistas já divididas em duas semifinais com cinco competidoras cada. Assim como os homens, as três melhores surfistas em cada bateria avançam para decidir o título na grande final.

Formato do tow-in O Nazaré Tow Surfing Challenge apresentado pela Jogos Santa Casa em Portugal, será realizado com um formato exclusivo de “Expression Session” por equipes de tow-in. Participarão dez equipes de dois surfistas. Dentro de cada equipe, os competidores terão que mostrar suas habilidades em pilotar o jet ski e surfar, com cada participante precisando surfar pelo menos duas ondas. Serão quatro baterias de uma hora de duração, com cinco equipes em cada bateria.

Cada equipe participará de duas baterias, com um sistema de prioridade indicando qual dupla tem a preferência de pegar a próxima onda. O evento será transmitido ao vivo e capturado em vídeo de vários ângulos. Na conclusão da competição, um painel de candidatos examinará as evidências em vídeo e selecionará as maiores e melhores ondas do dia como finalistas. Em uma cerimônia de premiação no final do dia, os próprios competidores, juntamente com um grupo de juízes de Big Wave, analisarão as ondas indicadas e votarão em uma variedade de categorias, incluindo a Onda do Dia Masculina, a Onda do Dia Feminina e Campeões por Equipe.

A diretoria do circuito WSL Big Wave já está monitorando as ondulações que produzem ondas enormes e continuarão atentos às condições até atingir ondas na faixa de 30 a 60 pés entre novembro deste ano e março de 2020. Os concorrentes serão alertados com 72 horas de antecedência, para estarem prontos para competir assim que os organizadores do evento colocarem o evento como “on”.

Lista de competidores da cbdMD Jaws Big Wave Championships

Feminino

Paige Alms (HAV)
Justine Dupont (FRA)
Emily Erickson (HAW)
Raquel Heckert (BRA)
Keala Kennelly (HAV)
Andrea Moller (BRA)
Felicity Palmateer (AUS)
Bianca Valenti (EUA)
Wildcard 1
Wildcard 2

Masculino

Grant Baker (AFR)
Alex Botelho (PRT)
Russell Bierke (AUS)
Lucas Chianca (BRA)
Trevor Carlson (HAV)
Nathan Florence (HAV)
Natxo Gonzalez (ESP)
Greg Long (EUA)
Mark Healey (HAV)
Billy Kemper (HAV)
Kai Lenny (HAV)
Albee Layer (HAV)
Tyler Larronde (HAV)
Nic Lamb (EUA)
Tom Lowe (ING)
Torrey Meister (HAV)
Jamie Mitchell (AUS)
Jojo Roper (EUA)
Koa Rothman (HAV)
Makuakai Rothman (HAV)
Nic von Rupp (PRT)
Ian Walsh (HAV)
Wildcard 1 TBD
Wildcard 2 TBD

Lista das equipes do Nazaré Tow Surfing Challenge apresentado pela Jogos Santa Casa

Time Mundo: Sebastian Steudtner (ALE) e Maya Gabeira (BRA)
Time Young Bulls: Lucas Chianca (BRA) e Kai Lenny (HAV)
Time Brasil: Rodrigo Koxa (BRA) e Pedro Scooby (BRA)
Time Inglaterra: Andrew Cotton (ING) e Tom Butler (ING)
Time Austrália: Ross Clarke-Jones (AUS) e Mick Corbett (AUS)
Time Portugal: Alex Botelho (PRT) e Hugo Vau (PRT)
Time Europa: Nic von Rupp (PRT) e Francisco Porcella (ITA)
Time França: Benjamin Sanchis (FRA) e Eric Rebiere (FRA)
Time Atlântico: Grant Baker (AFR) e Antonio Silva (PRT)
Time Justine: Justine Dupont (FRA) surfista única com Fred David no jet-ski