Jessé é vice

Jesse Mendes é vice-campeão da Vans World Cup, garante permanência na elite mundial e assume a liderança da Tríplice Coroa Havaiana; Jadson Andre está de volta ao Tour:

0
Jesse Mendes é vice-campeão da Vans World Cup e assume a liderança da Tríplice Coroa Havaiana.

Em uma final com ondas inconsistentes, depois de muitas emoções nas fases anteriores, o havaiano Ezekiel Lau ficou com o título da Vans World Cup e o brasileiro Jessé Mendes foi o vice-campeão em Sunset Beach, coroando a bela campanha que o levou a garantir a permanência na elite mundial e também a liderança do ranking da tradicional Tríplice Coroa Havaiana.

Clique aqui para ver o vídeo

Clique aqui para ver as fotos de ação

Clique aqui para ver as fotos de ambiente

Completando a final, o francês Joan Duru terminou em terceiro, seguido pelo californiano Griffin Colapinto.

Ezekiel e Jessé competiram juntos três vezes no último dia, sempre superando seus adversários nas baterias com o havaiano em primeiro e o brasileiro em segundo lugar. Até na decisão da Vans World Cup. A primeira foi nas quartas de final, quando Jessé confirmou seu nome no CT 2019 e acabou com as chances de o português Vasco Ribeiro seguir tentando sua vaga. Depois, nas semifinais, barrando um Top da elite, Jordy Smith, e o jovem paulista Weslley Dantas, que foi premiado como o “surfista revelação” da Tríplice Coroa Havaiana este ano.

“Isso é tudo que eu sempre quis”, disse Ezekiel Lau. “Poder me apresentar em casa, na frente da minha torcida e ganhar em Sunset mais uma vez, é incrível. É por isso que gosto tanto de competir em casa, para todos que sempre me apoiam em tudo que faço. Fico feliz em poder retribuir isso hoje. Eu procurei apenas manter o foco quando cheguei na final e estou feliz por ter vencido, pois tenho trabalhado muito duro para isso”.

Ezekiel Lau faz a festa em Sunset.

A batalha final pelas vagas que restavam no G-10 do QS foi intensa no último dia em Sunset Beach. A disputa acontecia a cada bateria, até na grande final, com o francês Joan Duru precisando ficar entre os dois primeiros colocados para tirar o último lugar do australiano Jack Freestone na lista.

Só que não entraram muitas ondas boas na bateria decisiva e a nota 5,30 de Jessé Mendes na última que surfou, foi suficiente para pegar o vice-campeonato do francês por 7,63 a 7,33 pontos das duas ondas computadas por cada um. Ezekiel Lau surfou as melhores para vencer por 12,66 pontos, enquanto o norte-americano Griffin Colapinto não achou nada e terminou em quarto lugar com 4,67 apenas.

“Foi um grande dia e estou feliz como ele está terminando”, disse Jessé Mendes. “Eu só tenho que agradecer a Deus, porque na minha primeira bateria hoje (quinta-feira) aqui, eu passei um sufoco e me livrei por pouco. Se não fosse Deus parar o oceano, eu não estaria aqui agora e, provavelmente, nem mesmo qualificado para o CT, então obrigado à Ele, que fez tudo ser possível para mim. E obrigado também a todos que estão sempre comigo, acreditando em mim e no meu trabalho, estou muito feliz por permanecer na elite ano que vem”.

Jadson André garante vaga com virada emocionante nas quartas.

Outro brasileiro que carimbou a vaga nesta quinta foi Jadson André, autor de uma virada espetacular nas quartas de final. “Eu só tenho a falar que Deus é o Deus do impossível”, disse Jadson André. “Eu precisava de uma onda excelente ali no final, faltando poucos segundos, e eu só pedi a Deus, que faz as coisas impossíveis acontecer, que me mandasse uma onda por favor. Ele mandou e eu consegui virar a bateria. Estou tentando controlar minha emoção, porque eu quero muito fazer a final aqui, mas essa bateria foi muito importante pra mim, então obrigado a todos pela energia, pela torcida e ainda vou tentar sair daqui com um troféu”, o que não conseguiu. Jadson e Weslley Dantas ficaram empatados em sétimo lugar na Vans World Cup.

Também estão confirmados pelo QS os atletas Seth Moniz, Ryan Callinan, Deivid Silva, Peterson Crisanto, Ricardo Christie, Leo Fioravanti e Soli Bailey. Último no G-10, o australiano Jack Freestone tem grande chance de retornar à elite mundial, mas ainda depende de Griffin Colapinto no Pipe Masters. Griffin, que está entre os 10 no QS e também entre os 22 no CT, só precisará da vaga no QS se a zebra tomar conta do Pipe Masters.

Outro que brigou até o último dia pela classificação em Sunset Beach foi Weslley Dantas. O jovem ubatubense arrebentou as direitas nesta quinta-feira e chegou às semifinais mesmo com dores no tornozelo. De quebra, ainda recebeu o prêmio de melhor estreante na Tríplice Coroa Havaiana.

Finalistas da Vans World Cup.

Weslley precisava ser campeão ou vice da Vans World Cup, mas não foi feliz na semifinal e terminou atrás de Ezekiel Lau, Jessé Mendes e Jordy Smith, também eliminado.

Na outra semi, Jadson André não conseguiu repetir as boas atuações das fases anteriores e terminou em quarto no duelo vencido pelo francês Joan Duru, com o californiano Griffin Colapinto em segundo e o australiano Soli Bailey em terceiro.

Com o pódio na Vans World Cup, Jessé Mendes tirou a sexta posição no ranking final do conterrâneo Deivid Silva. O melhor brasileiro no QS foi o paranaense Peterson Crisanto, quinto colocado.

*Colaborou João Carvalho.

Weslley Dantas chega às semifinais e recebe o prêmio de melhor estreante na Tríplice Coroa.

Resultado da Vans World Cup 2018

1 Ezekiel Lau (HAV)
2 Jessé Mendes (BRA)
3 Joan Duru (FRA)
4 Griffin Colapinto (EUA)
5 Soli Bailey (AUS)
5 Jordy Smith (AFR)
7 Jadson André (BRA)
7 Weslley Dantas (BRA)
9 Carlos Muñoz (CRI)
9 Matthew McGillivray (AFR)
9 Vasco Ribeiro (POR)
9 Italo Ferreira (BRA)
13 Jack Freestone (AUS)
13 Leo Fioravanti (ITA)
13 Kuyss King (AUS)
13 Tanner Gudauskas (EUA)

Weslley durante a cerimônia de premiação.

Ranking do QS 2018

1 Kanoa Igarashi (JAP) 26.800
2 Griffin Colapinto (EUA) 24.300
3 Seth Moniz (HAV) 22.300
4 Ryan Callinan (AUS) 21.660
5 Peterson Crisanto (BRA) 20.750
6 Jessé Mendes (BRA) 20.250
7 Deivid Silva (BRA) 19.860
8 Ricardo Christie (NZL) 18.750
9 Leonardo Fioravanti (ITA) 18.650
10 Jadson André (BRA) 18.160
11 Soli Bailey (AUS) 17.200
12 Ezekiel Lau (HAV) 17.100
13 Jack Freestone (AUS) 14.400

Ranking da Tríplice Coroa Havaiana

1 Jessé Mendes (BRA) 13.300
2 Joel Parkinson (AUS) 12.300
3 Ezekiel Lau (HAV) 12.100
4 Soli Bailey (AUS) 9.100
5 Jordy Smith (AFR) 8.900