QS regressa a Ericeira

Praia de Ribeira d'Ilhas, em Ericeira, recebe etapa do QS 10.000, entre os dias 24 e 30 de setembro, em Portugal.

0
Ericeira é uma das Reservas Mundiais de Surf.

Entre os dias 24 e 30 de setembro, a Praia de Ribeira d’Ilhas, em Ericeira, Portugal, será palco de uma etapa do QS 10.000, nível máximo do Qualifying Series, a divisão de acesso ao Championship Tour.

Cartaz do EDP Billabong Pro Ericeira.

O EDP Billabong Pro Ericeira dá a largada para a perna europeia do circuito mundial e espera a participação de até 80% dos atletas do Championship Tour.

A Praia de Ribeira d’Ilhas é internacionalmente reconhecida, não só por ser a única reserva Mundial de Surf da Europa, mas também pelas ondas potentes e consistentes.

A volta do QS à vila da Ericeira é um dos primeiros passos que a Câmara Municipal de Mafra e o Turismo de Portugal iniciam em conjunto com o objetivo de recolocar o pico no cenário internacional do surfe.

“Receber a principal etapa europeia de qualificação para o CT em Ericeira traduz o reconhecimento do patrimônio singular que são as ondas da Reserva Mundial de Surf, única na Europa, e também da qualidade do destino, contribuindo para a sua notoriedade e internacionalização”, afirma Hélder Sousa Silva, presidente da Câmara Municipal de Mafra.

No ano que se comemora o décimo aniversário do circuito mundial em Portugal, Francisco Spinola, representante da WSL (World Surf League) no país, sublinha a riqueza da costa portuguesa: “Há 10 anos, quando começámos a ‘desvendar’ um pouco das condições do mar e da qualidade das ondas de Portugal, os surfistas da elite ficaram rendidos”, conta.

“Hoje em dia conhecem, não só esses locais, como os diferentes tipos de onda que a nossa costa oferece em poucos quilômetros de distância. A Ericeira tem no seu DNA o potencial de onda de qualidade máxima e é isso que procuramos oferecer numa prova do QS de nível 10.000”, complementa.

A organização também promete fazer o evento de maneira “green”, focando na sustentabilidade ambiental, reduzindo ao máximo o uso de combustíveis fósseis e tornando a competição livre dos plásticos.

O EDP Billabong Pro tem patrocínio de Turismo de Portugal, Câmara Municipal de Mafra, EDP e Billabong.