QS chega ao Chile

Com etapas do Qualifying Series e sul-americano Pro Junior, Héroes de Mayo Iquique Pro acontece entre os dias 20 e 26 de maio no Chile.

0
Australiano Jack Robinson defende título do evento no litoral norte chileno.

Um verdadeiro festival de surfe será promovido pelo Héroes de Mayo Iquique Pro esse ano na capital de Tarapacá, no Chile. Na semana dos dias 20 a 26 de maio, serão disputadas uma etapa do World Surf League Qualifying Series masculina que subiu o seu status para QS 3000, uma feminina do QS 1500 e outra novidade, a inclusão da categoria Pro Junior masculina e feminina para surfistas com até 18 anos de idade. Todos valerão pontos para os rankings regionais da WSL South America, que definem os campeões sul-americanos da temporada.

O Héroes de Mayo Iquique Pro 2019 passa a ser o campeonato de surfe mais importante do Chile, ao igualar o status QS .3000 da tradicional etapa de Arica nos tubos de El Gringo que acontece na semana seguinte, bem como o principal da América do Sul esse ano. É o único com etapas do QS combinadas com o Pro Junior para homens e mulheres participarem. A expectativa é de que cerca de 200 surfistas estejam em Iquique para competir nas ondas de La Punta, na Playa Cavancha, na semana de 20 a 26 de maio no Chile.

Entre os que já confirmaram suas inscrições, destaque para o jovem australiano Jack Robinson, atualmente em quarto lugar no ranking do WSL Qualifying Series e campeão da primeira edição do Héroes de Mayo Iquique Pro no ano passado. “Iquique é um lugar incrível, então não poderia estar mais ansioso e emocionado para voltar ao Chile. Este evento me deu muita confiança para ganhar um impulso no ranking mundial e nunca esquecerei esse momento”.

Ian Gouveia é um dos brasileiros confirmados na disputa.

Outra atração garantida é o brasileiro Ian Gouveia, que fez parte da elite mundial do CT até o ano passado e ainda não conhece Iquique: “Será a minha primeira vez em Iquique e estou feliz em poder conhecer lá. Eu já assisti vídeos das ondas de Iquique e gostei bastante quando vi que haveria um evento do QS 3.000 esse ano. Estou contando os dias para surfar aquelas ondas”.

A nível local, um dos destaques do surfe chileno é Camilo Hernández, que venceu uma etapa do circuito nacional em fevereiro. Ele se mostrou emocionado pela oportunidade de receber um evento tão grande em Iquique: “É incrível nós podermos competir e medir forças com surfistas de nível mundial. Pessoalmente, estou trabalhando muito a parte física e focando toda a minha preparação nessa área, já que a parte das ondas está tudo muito bem”.

O prefeito de Iquique, Mauricio Soria Macchiavello, presidente da Corporación Municipal de Deportes, entidade promotora do evento, falou sobre a importância do Héroes de Mayo Iquique Pro: “O surfe é um esporte estratégico para a nossa cidade, faz parte da indústria do turismo e são eventos como este que geram vários empregos para muitas pessoas que trabalham em atividades ligadas à orla costeira”.

O Héroes de Mayo Iquique Pro será transmitido ao vivo pelo site da WSL.