Mineiro fora de Pantin

Com fratura óssea no mesmo joelho lesionado em 2018, Adriano de Souza abre mão do QS em Pantin e retorna ao Brasil.

0
Adriano de Souza sofre fratura no joelho e está fora do QS 10.000 em Pantin, Espanha (Foto de arquivo).

O Top Adriano de Souza está fora do QS 10.000 em Pantin, Espanha. Em sua conta nas redes sociais, “Mineiro” revelou que voltou a sentir uma lesão no joelho e foi diagnosticado com uma fratura óssea.

“A cada voo o meu joelho está piorando. Não sei se tive uma nova lesão no Taiti”, postou o brasileiro no aeroporto de Sydney, Austrália.

Em outubro do ano passado, Adriano de Souza sofreu uma lesão no joelho direito quando disputava a etapa do CT em Peniche, Portugal. Com um estiramento parcial do ligamento colateral medial com ruptura do ligamento cruzado, ele foi obrigado a trocar as ondas pelas clínicas, a lycra pelos aparelhos médicos e as horas de treinos por longas sessões de fisioterapia (clique aqui para saber mais sobre o processo de recuperação).

Adriano retornou às competições em junho deste ano, participando do Oi Rio Pro em Saquarema (RJ), onde ficou em 17º lugar. O atleta repetiu o resultado em Jeffreys Bay e também no QS 10.000 em Ballito, África do Sul.

Já no QS 10.000 em Huntington Beach (EUA), Adriano fez uma ótima campanha e obteve a quinta posição. No início desta semana, em ondas pesadas na rasa bancada de Teahupoo, o campeão mundial de 2015 protagonizou uma incrível virada diante do compatriota Italo Ferreira e foi até as quartas de final, onde perdeu para Jordy Smith.