Jadson e Miguel nas quartas

Jadson André dá show, conquista o maior somatório do QS 10.000 da Espanha e avança às quartas de final ao lado de Miguel Pupo.

0
Jadson André comanda o show em Pantin.

Jadson André foi o grande nome das disputas desta sexta-feira (6) no Galicia Classic Surf Pro, evento do QS de nível 10.000 que acontece na Espanha. O potiguar deu espetáculo na primeira bateria do round 5, e nas ondas de até 1 metro na praia de Pantin arrancou o maior somatório do campeonato (17.33) e garantiu vaga nas quartas de finais, além de pontos preciosos no ranking que praticamente o garantem na elite para 2020. Ele e Miguel Pupo são os brasileiros vivos na prova.

“Minha bateria hoje foi muito boa! Eu entrei com a mentalidade de que eu ia competir com o melhor atleta do campeonato, porque realmente o francês (Timothee Bisso) vinha sendo o atleta mais sólido, o melhor competidor, e eu sabia que pra ganhar dele tinha que ir ‘grande’. E hoje pela manhã eu falei com meu irmão que a bateria ia ser difícil e ele disse pra mim: ‘All in!’ (Tudo ou nada!). E foi o que eu fiz. Mandei backflip, mandei aéreo invertido, mandei fake e aéreo na mesma onda… Estava confiante e graças a Deus deu tudo certo”, disse Jadson, autor das notas 9.33 e 8.00 pontos, para a equipe do Waves.

View this post on Instagram

Deus, obrigado por tudo 🙏🏽🙌 Mais um dia incrível aqui na Espanha! Muito feliz com a minha performance. Obrigado a todos pela torcida! Valeu pelo vídeo @feelipe Stoked to win my heat today! Can't wait for final day 🙏🏽🙌. PS: @josh_kerr84 it was on my heat today, can you please let me compete the #redbullairborne in France 🥥🤪😁

A post shared by Jadson Andre (@jadsonandre) on

O potiguar também comentou sobre o ranking, pois com a vaga garantida nas quartas de finais ele ultrapassou a marca de 21 mil pontos no QS 2019. “Realmente esse resultado é muito importante pra mim, pois com ele eu ultrapassei os 21 mil pontos no ranking, uma colocação boa, mas o ano literalmente só acaba quando termina e eu tenho o objetivo nesse ano de ser o campeão do QS, e se Deus quiser a gente vai alcançar esse objetivo”, finalizou Jadson que nas quartas vai encarar o australiano Matt Banting.

Confira as imagens desta sexta-feira.

Nesta sexta-feira rolaram 12 baterias, sendo as quatro últimas da quarta fase e todas as oito do quinto round. Os irmãos Miguel e Samuel Pupo competiram juntos na quarta fase e eliminaram o norte-americano Michael Dunphy, com Miguel em primeiro e Samuel em segundo. No quinto round os dois enfrentaram franceses. Miguel virou no fim pra cima do Charly Martin, mas Samuel acabou eliminado por Nomme Mignot.

Miguel Pupo também está classificado para as quartas de finais.

Baixas brasileiras – O paulista Samuel teve muita dificuldade em achar ondas com potencial, enquanto seu adversário soltou as manobras de frontside nas esquerdas e deixou o brasileiro precisando de mais de 15 pontos para reverter o resultado.

Os outros brasileiros eliminados hoje foram Marcos Correa, que caiu na quarta fase, além de Jesse Mendes, Deivid Silva e Alex Ribeiro, que perderam no round 5.

Marcos ficou em terceiro lugar, precisando de 7.53 para se classificar; Jesse perdeu para Matt Banting mesmo fazendo a maior nota do duelo (8.67); Deivid foi superado por Caleb Tancred, australiano que começou a disputa acelerado, e Alex perdeu também para um aussie, Morgan Cibilic, numa bateria em que ficou muito ativo e que pegou muitas esquerdas, mas depois que levou a virada não conseguiu achar ondas com potencial para a nota 6.17 que precisava.

Jesse foi eliminado na quinta fase.

Próxima chamada – A próxima chamada para o Galicia Classic Surf Pro acontece neste sábado, às 8:00 no horário de Brasília.

Assista as disputas ao vivo aqui no Waves.

Resultados desta sexta-feira

Round 4

5 Matthew McGillivray (AFR) 13.77 x Alex Ribeiro (BRA) 13.53 x Marcos Correa (BRA) 10.50
6 Morgan Cibilic (AUS) 14.00 x Jack Robinson (AUS) 11.66 x Liam O’Brien (AUS) 9.83
7 Miguel Pupo (BRA) 14.67 x Samuel Pupo (BRA) 14.26 x Michael Dunphy (EUA) 12.03
8 Nomme Mignot (FRA) 14.23 x Charly Martin (FRA) 11.60 x Carlos Munoz (CRC) 8.33

Round 5

1 Jadson André (BRA) 17.33 x 13.97 Timothee Bisso (FRA)
2 Matt Banting (AUS) 16.33 x 14.90 Jesse Mendes (BRA)
3 Jake Marshall (EUA) 15.66 x 13.83 Frederico Morais (POR)
4 Caleb Tancred (AUS) 13.83 x 12.16 Deivid Silva (BRA)
5 Matthew McGillivray (AFR) 12.33 x 10.83 Jack Robinson (AUS)
6 Morgan Cibilic (AUS) 14.84 x 14.34 Alex Ribeiro (BRA)
7 Miguel Pupo (BRA) 14.47 x 12.83 Charly Martin (FRA)
8 Nomme Mignot (FRA) 15.43 x 5.66 Samuel Pupo (BRA)

Quartas de finais

1 Jadson André (BRA) x Matt Banting (AUS)
2 Jake Marshall (EUA) x Caleb Tancred (AUS)
3 Matthew McGillivray (AFR) x Morgan Cibilic (AUS)
4 Miguel Pupo (BRA) x Nomme Mignot (FRA)