Batalha final no Peru

Campeão sul-americano Pro Junior e mais quatro vagas para o Mundial Sub 18 da WSL serão definidos nesta quinta e sexta-feira (14 e 15) em Máncora, Peru.

0
Peruano Raul Ríos lidera o ranking e compete no quintal de casa em Máncora.

O Máncora Junior – Água San Carlos – Pro Peru 2019 Copa Gatorade vai definir nesta quinta e sexta-feira (14 e 15) o novo campeão sul-americano Pro Junior da WSL Latin America e quatro das cinco vagas para o Mundial Pro Junior da World Surf League, que será disputado entre os dias 26 de novembro e 1 de dezembro em Taiwan.

Uma já é de Tainá Hinckel, que confirmou o bicampeonato por antecipação no último fim de semana no Brasil. E com a vitória no Oi Pro Junior Series em Maresias, São Sebastião, Raul Ríos assumiu a liderança do ranking e pode ser o primeiro peruano a conquistar o título sul-americano Pro Junior na categoria masculina.

Ele garante o primeiro lugar se chegar na final em Máncora, onde ele mora no Peru, desde que a decisão não seja contra o paulista Eduardo Motta, como na etapa encerrada domingo no Brasil. Se os dois voltarem a se encontrar na última bateria do ano no Circuito Sul-Americano Pro Junior da WSL Latin America, o vencedor será o campeão da temporada 2019. Além de Eduardo, outros seis brasileiros tentarão manter a hegemonia verde-amarela de títulos no continente, na categoria para surfistas com até 18 anos de idade.

Vice-líder do ranking, Daniel Templar precisa de uma combinação de resultados na etapa derradeira do sul-americano Pro Junior da WSL.

Raul Ríos conseguiu uma boa vantagem com a vitória em sua segunda final seguida em etapas do Oi Pro Junior Series no Brasil. A primeira ele perdeu para o jovem catarinense Heitor Mueller na Praia da Joaquina, em Florianópolis (SC).

Mas, no último domingo na Praia de Maresias, conquistou sua primeira vitória. Com isso, seus principais concorrentes ao título, o saquaremense Daniel Templar (2.o do ranking), o catarinense Lucas Vicente (3.o) e o paulista Eduardo Motta (4.o), já precisam chegar nas semifinais do Máncora Junior – Água San Carlos – Pro Peru 2019 Copa Gatorade, para ultrapassar os 2.790 pontos do peruano no ranking.

O paulista Daniel Adisaka (6.o lugar) só consegue isso passando para a grande final, enquanto para o potiguar Mateus Sena, o paulista Fernando Junior e o catarinense Leo Casal, já necessitam da vitória em Máncora. Raul Ríos ainda pode ir tirando adversários da briga com sua própria atuação no Peru. Com o nono lugar no evento, já elimina um, Ian Casal.

Julia Duarte batalha por uma vaga no Mundial Sub 18 da WSL.

Se passar mais uma fase, com o quinto lugar tira outro da disputa, Fernando Junior. Se Raul Ríos chegar nas semifinais, também acaba com as chances de Mateus Sena e Daniel Adisaka e os outros três concorrentes, Daniel Templar, Lucas Vicente e Eduardo Motta, já necessitarão da vitória para ultrapassar os 3.150 pontos que passaria a computar no ranking. O único que pode decidir o título sul-americano com o peruano na grande final, é Eduardo Motta. Aí, a vitória no Máncora Junior – Água San Carlos – Pro Peru, define o campeão de 2019.

Estes oito primeiros colocados no ranking, também vão brigar pelas três vagas para o Mundial Pro Junior da World Surf League no fim deste mês em Taiwan. Além deles, o catarinense Heitor Mueller também tem chances matemáticas nesta disputa, porém são bem mais remotas. Ele já precisa da vitória no Peru e ainda vai depender dos resultados dos que estão à sua frente.

Última vaga Na categoria feminina, a catarinense Tainá Hinckel já garantiu seu segundo título sul-americano na WSL Latin America por antecipação no Oi Pro Junior Series. O primeiro nessa categoria Sub-18, ela conquistou em 2016, com apenas 13 anos de idade. A peruana Sol Aguirre carimbou a faixa da campeã na final do domingo em São Sebastião (SP) e ganhou vantagem na disputa pela outra vaga para o Mundial Pro Junior com a vitória no Brasil.

Com isso, só restou uma concorrente para a bicampeã sul-americana de 2017 e 2018, pois as outras já estão matematicamente fora da briga pelo segundo lugar no ranking final de 2019. A única que segue viva na disputa é a brasileira Julia Duarte, mas a carioca já precisa vencer o Máncora Junior – Água San Carlos – Pro Peru Copa Gatorade, para superar os 3.290 pontos da peruana no ranking. Só que a decisão não poderá ser contra Sol Aguirre, que já garante a classificação para o Mundial da WSL em Taiwan ao passar para a grande final.

Cartaz do Máncora Junior – Água San Carlos – Pro Peru 2019 Copa Gatorade.

O Máncora Junior – Água San Carlos – Pro Peru 2019 Copa Gatorade é apresentado por Barinsta Máncora, Insta Bar Huanchaco, Insta Urban Trujillo. Apoio: Governo Municipal de Máncora. Realização: World Surf League Latin America e PromPerú. O evento será realizado pela primeira vez no balneário de Máncora, no norte do Peru, com organização do Club Deportivo Olas Norte e patrocínios do Hotel Don Giovanni, Hotel Wawa, Hotel Punta Ballena, Hotel Mama Sirena, Hotel La Casa de Sebas, Hotel Sol y Mar, Hotel Sumarfe, Casa Los Dolphins, Transporte El Dora, Transporte Chincasuyo, Pizzeria Chan Chan, Pizzeria Nikitas, Restaurant Kiba, Restaurant La Mosca Em La Sopa, El Tao, El Ají, Club Deportivo On Shore Kite Surf, Kite Club, Pupukea Surfboard e Randy Sound Sistema.

Rankings sul-americanos da WSL Latin America 2019

Pro Junior masculino depois de seis etapas

1 Raul Rios (PER) – 2.790 pontos
2 Daniel Templar (BRA) – 2.660
3 Lucas Vicente (BRA) – 2.590
4 Eduardo Motta (BRA) – 2.470
5 Mateus Sena (BRA) – 2.320
6 Daniel Adisaka (BRA) – 2.200
7 Fernando Junior (BRA) – 2.195
8 Leo Casal (BRA) – 2.080
9 Heitor Mueller (BRA) – 1.903
10 Uriel Sposaro (BRA) – 1.675

Pro Junior feminino depois de seis etapas

1 Tainá Hinckel (BRA) – 4.310 pontos
2 Sol Aguirre (PER) – 3.290
3 Julia Duarte (BRA) – 2.780
4 Isabela Saldanha (BRA) – 2.655
5 Maju Freitas (BRA) – 2.540
6 Coco Cianciarulo (ARG) – 2.310
7 Daniella Rosas (PER) – 2.150
8 Pâmella Mel (BRA) – 1.490
9 Alessia Moro (PER) – 1.180
10 Bruna Carderelli (BRA) – 1.140