Heitor Alves voa em Cabo Frio

Cearense Heitor Alves crava os recordes da abertura do Circuito Estadual do Rio nas ondas da Praia do Forte, Cabo Frio (RJ).

0
Heitor Alves decola alto na Praia do Forte.

A sexta-feira em Cabo Frio teve muitas nuvens, sol, chuva, vento e show nas ondas de alguns dos melhores surfistas profissionais do Brasil. O Cabo Frio Surf Pro 2019, terceira etapa do circuito pro do Rio, válida também como a 12ª do circuito nacional da Abrasp, começou em ondas de meio metrão nas séries na Praia do Forte e quem fez mais bonito no dia foi Heitor Alves.

Clique aqui para ver as fotos

Somente os homens competiram nesta sexta-feira e foram realizadas todas as 24 baterias das fases 1 e 2 da categoria Masculino Pro. Heitor venceu as duas baterias que disputou e na segunda fez a maior nota (7.50) e o maior somatório (14.15) do dia.

Logo após a boa apresentação, o cearense falou sobre seu momento nas competições. “Neste ano eu competi num evento no Ceará e por motivo de patrocínio não fui para outros. Estou selecionando mais os campeonatos para pode investir o dinheiro. E como o Rio é perto de Santa Catarina, e por ser sempre um prazer estar aqui em Cabo Frio, eu vim. Fazia tempo que eu não vinha aqui. Eu era moleque e vinha direto competir os eventos da Feserj aqui. Então estou amarradão em poder estar de volta competindo, infelizmente sem patrocínio, mas sempre na luta para estar nos eventos, pois eu gosto de competir”, disse Heitor.

Heitor Alves fez as maiores marcas do primeiro dia.

O cearense também falou sobre as condições na Praia do Forte no momento de sua segunda bateria, no fim de tarde. “Eu comecei na esquerda, porque ela está acabando na direita, então tentei começar nela pra poder depois me posicionar na direita. E realmente a direita está funcionando, a bancada está perfeita agora, está montadinha, a maré secou mais, a marolinha está show, parece até que estava surfando na piscina”, falou o amarradão Heitor.

Outro destaque do dia foi Igor Moraes, paulista que venceu a segunda etapa do Estadual Pro 2019 do Rio, nas ondas de Macaé, e que no último fim de semana foi vice no Estadual Capixaba. Como é o ranking de 2018 que vale para a formação das baterias, Igor teve que entrar na primeira fase, e nessa bateria ele fez a maior nota do dia, 7.50, a mesma que Heitor Alves marcou.

“Na verdade, é sempre bom começar na primeira fase, você já vai no gás, vai passando as baterias, ganhando confiança. Então estou me sentindo bem começando no primeiro round, pois quando chego na terceira fase, nos cabeças de chave, já estou bem confiante, bem à vontade. Estou fazendo bons resultados e estou muito confiante este ano. Meu objetivo é ser campeão brasileiro, então essa etapa é muito importante pra mim e é isso, vamos com tudo. Muito feliz de estar aqui tendo mais essa oportunidade”, comentou Igor, que está na segunda posição no ranking da Feserj e que é o líder do ranking da Abrasp.

Igor Morais está em excelente fase.

Ao vivo – O Cabo Frio Surf Pro 2019 segue neste sábado, dia que vai ter disputas da categoria Masculino Pro e que marca a estreia das meninas na Feminino Pro e dos atletas das Adapt Surf.

A próxima chamada acontece às 8:00. Assista as disputas ao vivo.

O Cabo Frio Surf Pro 2019 é uma realização da Federação de Surf do Estado do Rio de Janeiro – FESERJ, em parceria com a Associação Brasileira de Surf Profissional – ABRASP, com patrocínio do Governo do Estado do Rio através da Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude – SEELJE.

Apoio da South & Co, Indo Dreams Tours, Hidden Bay Resorts Mentawais, Mar Telecom, Save Home Care, e Tattoo Academy Br.

Apoio de mídia do Waves, Surfland e Intertv.

Apoio institucional da Prefeitura de Cabo Frio através da Secretaria do Esporte e Lazer, RJ+Inclusão, Adapt Surf, SOMAR, Expo Lendas do Surf, e Cabo Frio Surf Clube (CSC).

Praia do Forte é o palco do Cabo Frio Surf Pro 2019.

Cabo Frio Surf Pro 2019 – Resultados e próximas baterias

Masculino Pro

Round 1

1 Yago Ramos (SC) 9.40 x Vitor Ferreira (RJ) 6.75 x Arthur Alves (RN) 6.75
2 Joel Dantas (RJ) 7.25 x Pepeu Bessa (RJ) 7.05 x Arthur Souza (RJ) 5.90 x Charlie Brown (CE) 4.15
3 Giuliao Arreyes (RJ) 8.00 x Jonathan Santos (RN) 7.95 x Daniel Domingos (RJ) 4.60
4 Pedro Dib (SP) 9.40 x Marcelo Ribeiro (RJ) 6.35 x Henrique Liberato (SP) 4.30
5 Felipe Oliveira (SP) 12.50 x Anselmo Correia (RJ) 5.90 x Claudio Stanisci (SP) 4.95
6 Wesley Leite (SP) 9.35 x Anderso Picachu (RJ) 6.85 x Zuriel Ivan (RJ) 6.55 x Hugo Netto (RJ) 4.10
7 Arthur Silva (CE) 9.60 x Thomas Smith (RJ) 7.85 x Rodolfo Queiroz (RJ) 6.55 x Valentim Neves (RJ) 4.70
8 Cauã Costa (RJ) 11.50 x Davi Silva (BA) 11.15 x Victor Ribas (RJ) 8.25
9 Alan Jhones (RN) 9.05 x Ayrton Dylan (RJ) 8.30 x Pedro Amorim (RJ) 5.30
10 Igor Moraes (SP) 12.00 x Vitor Gabriel (RJ) 4.25 x Thalyson Lopes (RJ) 3.55 x Kauai Marinho (RJ) 1.95
11 Luciano Brulher (SP) 7.45 x Yan Guimarães (RJ) 7.20 x Renato Mendes (RJ) 6.00 x Deyvison Ferreira (RJ) 4.80
12 Mariano Arreyes (RJ) 12.25 x Douglas Silva (PE) 9.30 x Douglas Fontenele (RJ) 1.15
13 Heitor Alves (CE) 9.90 x Facundo Arreyes (RJ) 7.85 x Bermardo Ribeiro (RJ) 4.70
14 Vicente Ferreira (RJ) 6.05 x João Paulo Bessa (RJ) 5.25 x Lucas Ribas (RJ) 4.55
15 Amando Tenorio (AL) 12.50 x Kalany Ratto (RJ) 8.00 x Felipe Alves (RJ) 7.25 x Milton Morbeck (RJ) 4.85
16 Paulo Roberto (RJ) 10.50 x João Pereira (SP) 8.15 x Daniel Mattos (BA) 7.20

Round 2

1 Yago Ramos (SC) 9.60 x Giuliano Arreyes (RJ) 8.45 x Pepeu Bessa (RJ) 5.05 x Marcelo Ribeiro (RJ) 4.35
2 Jonathan Santos (RN) 10.65 x Vitor Ferreira (RJ) 8.90 x Pedro Dib (SP) 8.75 x Joel Dantas (RJ) 5.75
3 Davi Silva (BA) 10.00 x Arthur Silva (CE) 9.20 x Anderson Picachu (RJ) 8.45 x Felipe Oliveira (SP) 8.25
4 Cauã Costa (RJ) 11.90 x Wesley Leite (SP) 9.00 x Anselmo Correia (RJ) 6.60 x Thomas Smith (RJ) 5.40
5 Alan Jhones (RN) 9.95 x Luciano Brulher (SP) 9.80 x Douglas Silva (PE) 8.90 x Vitor Gabriel (RJ) 6.05
6 Igor Morais (SP) 9.10 x Yan Guimarães (RJ) 8.65 x Ayrton Dylan (RJ) 8.40 x Mariano Arreyes (RJ) 8.20
7 Heitor Alves (CE) 14.15 x Amando Tenório (AL) 8.50 x João Pereira (SP) 7.85 x João Paulo Bessa (RJ) 4.90
8 Paulo Roberto (RJ) 10.05 x Facundo Arreyes (RJ) 8.50 x Kalany Ratto (RJ) 7.50 x Vicente Ferreira (RJ) 3.55

Round 3

1 Raoni Monteiro (RJ) x Leo Andrade (BA) x Yago Ramos (SC) x Vitor Ferreira (RJ)
2 Guilherme Lemos (RJ) x Kalebe Kymmerson (ES) x Giuliano Arreyes (RJ) x Jonathan Santos (RN)
3 Kedian Zamora (RJ) x Odarci Nonato (SP) x Davi Silva (BA) x Wesley Leite (SP)
4 José Eduardo (RJ) x Tamae Bettero (SP) x Arthur Silva (CE) x Cauã Costa (RJ)
5 Leonardo Neves (RJ) x Jannifer de Souza (CE) x Alan Jhones (RN) x Yan Guimarães (RJ)
6 Matheus Faria (RJ) x Hizunome Bettero (SP) x Luciano Brulher (SP) x Igor Morais (SP)
7 Claudio Freitas (RJ) x Lyssandro Leandro (ES) x Heitor Alves (CE) x Facundo Arreyes (RJ)
8 Leandro Bastos (RJ) x Dunga Neto (CE) x Amando Tenorio (AL) x Paulo Roberto (RJ)

Feminino Pro

Round 1

1 Camila Cassia (SP) x Kayane Reis (RJ) x Monika Takaki (RJ)
2 Taís de Almeida (RJ) x Monik Santos (PE) x Jessica Bianca (PR) x Brhuna Neves (RJ)
3 Yanca Costa (RJ) x Karol Ribeiro (RJ) x Gabriela Teixeira (RJ) x Victoria Ribeiro (RJ)

Adapt Open

Semifinais

1 Leonardo Oliveira x Júlio Cesar x Davizinho Radical
2 Jonathan Borba x André Menezes x Monique Aparecida

Adapt Assist

Final

Max Delame x Davizinho Radical x Eduardo Savine Mayr x Renata G. de Freitas

Adapt Feminino

Renata G. de Freitas

Ranking do Circuito Estadual Pro 2019 do Rio após duas etapas

Masculino Pro

1 Raoni Monteiro (RJ) 3220 pontos
2 Igor Moraes (SP) 3110
3 Renan Pulga (SP) 3060
4 Leandro Bastos (RJ) 2680
5 Leo Neves (RJ) 2520
6 Arthur Silva (CE) 2440
7 Vitor Ferreira (RJ) 2260
8 José Eduardo (RJ) 2140
9 Hizunome Bettero (SP) 2110
10 Wesley Leite (SP) 1910

Feminino Pro

1 Gabriela Teixeira (RJ) 3340
2 Camila Cassia (SP) 3220
3 Monik Santos (PE) 2940
4 Kayane Reis (RJ) 2720
5 Yanca Costa (RJ) 2460
6 Taís de Almeida (RJ) 2330
6 Julia Duarte (RJ) 2330
8 Jessica Bianca (PR) 2010
9 Brhuna Neves (RJ) 2000
10 Vidda Cavalcante (AL) 1900