Surfe ganha pictograma

A 500 dias para o início dos Jogos Olímpicos, organizadores apresentam o pictograma que vai representar o surfe.

0

Faltando 500 dias para o início das Olimpíadas de Tóquio, a organização do evento revelou os pictogramas de todas as modalidades que fazem parte dos Jogos, que acontecem entre os dias 24 de agosto e 9 de setembro de 2020.

Desenhados por Masaaki Hiromura, os pictogramas serão a referência visual de cada modalidade durante as competições. Eles contam com formato quadrangular e apresentam desenhos simples e simbólicos dos esportes, oscilando entre as cores azul-marinho e branca.

O surfe fará sua estreia nos Jogos e, para representar essa nova fase do esporte dos reis, Hiromura escolheu um surfista mandando um aéreo. Realizada na capital japonesa, a cerimônia de lançamento dos pictogramas também marcou o início da contagem regressiva para as Olimpíadas.

Critérios de classificação:

Cada país poderá levar dois representantes por gênero (masculino e feminino). Ao todo serão 20 homens e 20 mulheres nas Olimpíadas. Confira abaixo algumas regras anunciadas pela ISA:

– O sistema de qualificação será individual, por nomes.

– De acordo com as regras do COI, os eventos de classificação foram determinados por ordem hierárquica, ou seja, se dois surfistas de um mesmo país já garantiram classificação através de um evento, este país não poderá mais classificar surfistas na mesma categoria (masculino ou feminino) em um evento de nível inferior.

– Todos os surfistas selecionados por suas respectivas federações para suas equipes nacionais devem participar do ISA World Surfing Games em 2019 e 2020 para se tornarem elegíveis à classificação olímpica.

A ordem hierárquica de classificação será pelos eventos abaixo:

1 Championship Tour de 2019: os primeiros 10 homens elegíveis e as primeiras 8 mulheres elegíveis.
2 ISA World Surfing Games de 2020: os primeiros 4 homens elegíveis e as primeiras 6 mulheres elegíveis.
3 ISA World Surfing Games de 2019: 4 homens e 4 mulheres selecionados de acordo com seu continente. Primeiro surfista elegível de cada gênero da África, Ásia, Europa e Oceania.
4 Jogos Pan-Americanos de 2019: o primeiro homem elegível e a primeira mulher elegível.
5 Copa da Nação Anfitriã: será realizada uma copa no Japão para definir os dois representantes do país-sede (um na categoria Masculino e um no Feminino), a não ser que algum surfista japonês garanta sua classificação por outro evento.

O regulamento completo está disponível aqui.