Ouro à vista

Chloé Calmon, Nicole Pacelli e Wenderson Biludo avançam em Punta Rocas e seguem firme na briga pela inédita medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos; Robson Santos e Karol Ribeiro são eliminados.

0
Chloé Calmon crava as melhores apresentações no longboard.

Líder do ranking mundial de longboard, a brasileira Chloé Calmon foi destaque nesta quarta-feira (31), no terceiro dia de disputas do surfe nos Jogos Pan-Americanos de Lima em Punta Rocas.

Clique aqui para ver as fotos

A surfista avançou para o round 3 e teve as melhores performances da categoria, confirmando o favoritismo à medalha de ouro. Também nos pranchões, Wenderson Biludo segue firme e também está na terceira fase. No SUP Wave, Nicole Pacelli passou em primeiro lugar para o round 3.

Já no Surfe, o Time Brasil teve suas duas primeiras baixas. Robson Santos foi superado pelo argentino Santiago Muniz, campeão mundial pela International Surfing Association (ISA), pela diferença de 36 centésimos (11.46 a 11.10), na repescagem 2, enquanto que Karol Ribeiro foi derrotada pela chilena Jessica Anderson, na mesma fase.

Sem os dois, a equipe brasileira segue com chances de garantir seis medalhas. Além de Chloé, Biludo e Nicole, que seguem nas chaves principais, Luiz Diniz está na repescagem do SUP Wave e na sexta-feira (2) Lena Ribeiro e Vinnicius Martins disputam as vitórias no SUP Race.

Nicole Pacelli manda bem no SUP Wave.

Nas apresentações desta quarta-feira, Chloé foi muito bem, garantindo a maior média da categoria até o momento, 14.66, repetindo a performance de sua estreia. Das quatro maiores notas na longboard feminina até o momento, três são da brasileira, com 8.33 e 8.00 as duas melhores.

“Estou muito feliz de ter passado, as condições estavam difíceis, o mar estava grande, balançado, mas eu mantive a calma lá dentro e focada na minha estratégia. A primeira onda estava balançada e achei que ia levantar voo e na outra consegui encaixar o hang ten. Mais um passo dado e a energia do time aqui está incrível, todo mundo torcendo a cada onda e seguimos com foco todo para os próximos rounds”, comemora Chloé.

Também nesta quarta-feira, a torcida brasileira teve um importante reforço com o embaixador do Brasil no Peru, Rodrigo de Lima Baena Soares, convidado pelo presidente da Confederação Brasileira de Surf, Adalvo Argolo e que conheceu a Casa Surf, montada pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB) em Punta Rocas e toda a sua estrutura, bem como acompanhou as disputas. Junto também estava o gerente da WSL na América Latina, Xandi Fontes.

Nesta quinta-feira (1º), o Time Brasil terá três atletas no mar, primeiro com Luiz Diniz na repescagem 1 do SUP Wave, e depois com Chloé e Biludo no round 3 da longboard. Já na sexta-feira, a atração será o SUP Race, valendo medalhas de ouro. As provas estavam marcadas inicialmente para o dia 4, mas foram transferidas devido à previsão de ondas grandes para o final de semana.