Slater escalado

Kelly Slater é uma das atrações da equipe norte-americana que disputa o ISA Games em Miyazaki, Japão, de 7 a 15 de setembro.

0
Kelly Slater está escalado na equipe norte-americana que disputa o ISA Games no Japão.

O 11 vezes campeão mundial Kelly Slater está confirmado na equipe norte-americana que disputará o ISA World Surfing Games em Miyazaki, Japão, de 7 a 15 de setembro.

A lista oficial dos Estados Unidos conta ainda com Kolohe Andino, Conner Coffin, Carissa Moore, Courtney Conlogue e Caroline Marks.

O treinador é Chris Stone. “Apoiar uma equipe com dois campeões mundiais, um 11 vezes campeão mundial e surfistas com habilidades incríveis e compromisso com o esporte é uma honra e um privilégio”, diz Stone.

A ISA indicou os três melhores atletas de cada categoria (masculina e feminina) no ranking do Championship Tour ao término da etapa em Margaret River, Austrália. Se o surfista convocado não tiver uma dispensa aprovada pela confederação do seu respectivo país, ele não poderá participar dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020. O mesmo critério é válido para o ISA Games do próximo ano, que será disputado antes das Olimpíadas.

Até pouco tempo, Slater estava em cima do muro sobre se comprometer com a causa olímpica.

“Acho que tenho que surfar nesse evento e, se não, isso pode me desqualificar”, disse Slater ao canal NBC News. “Mas não tenho certeza se quero ir ao Japão e competir agora”, finalizou.

Carissa Moore também faz parte da equipe.

O ISA Games 2019 é um dos caminhos de classificação para os Jogos de Tóquio, atrás do ranking final do Championship Tour 2019 e do ISA Games 2020, consecutivamente.

Cada país poderá levar um máximo de dois representantes por gênero (masculino e feminino). Ao todo serão 20 homens e 20 mulheres nas Olimpíadas. Recentemente, o formato da prova foi testado em um evento especial no Japão. Clique aqui para saber mais.

Para garantir uma vaga olímpica pelo ISA Games deste ano, o atleta precisa terminar a competição entre os quatro melhores do seu continente, mas dependerá também dos principais eventos classificatórios (o CT 2019 e o ISA Games 2020).

A ordem hierárquica de classificação será pelos eventos abaixo:

1 Championship Tour de 2019: os primeiros 10 homens elegíveis e as primeiras 8 mulheres elegíveis.
2 ISA World Surfing Games de 2020: os primeiros 4 homens elegíveis e as primeiras 6 mulheres elegíveis.
3 ISA World Surfing Games de 2019: 4 homens e 4 mulheres selecionados de acordo com seu continente. Primeiro surfista elegível de cada gênero da África, Ásia, Europa e Oceania.
4 Jogos Pan-Americanos de 2019: o primeiro homem elegível e a primeira mulher elegível.
5 Copa da Nação Anfitriã: será realizada uma copa no Japão para definir os dois representantes do país-sede (um na categoria Masculino e um no Feminino), a não ser que algum surfista japonês garanta sua classificação por outro evento.

O regulamento completo está disponível aqui.