Revanche em Teahupoo

Em busca da liderança do ranking mundial e do bicampeonato do Tahiti Pro, Gabriel Medina encara revanche contra Owen Wright em Teahupoo.

0
Gabriel Medina busca o bicampeonato do Tahiti Pro e a liderança do ranking mundial da WSL.

Pelo segundo ano consecutivo, o brasileiro Gabriel Medina e o australiano Owen Wright decidem o título do Tahiti Pro, etapa do Championship Tour que acontece nos canudos de Teahupoo.

Nesta quarta-feira (28/8), a dupla passou com tranquilidade pelos adversários e garantiu a revanche na bancada taitiana. Nas semifinais, Owen Wright não deu chance ao sul-africano Jordy Smith e Gabriel Medina aproveitou bem os erros de Seth Moniz para bater o havaiano.

Seth até encontrou ondas com grande potencial, mas desperdiçou as oportunidades, inclusive no último minuto, quando a prioridade pertencia ao brasileiro. Medina optou por não ir na onda e o havaiano foi para o tudo ou nada, mas caiu justamente quando estava prestes a completar o canudo. Apesar de ter se levantado, os juízes não valorizaram a tentativa, já que Seth precisou colocar as mãos na borda para subir na prancha novamente.

Medina e Owen são os autores das duas únicas notas 10 da competição. O brasileiro obteve a nota máxima na última terça-feira, enquanto o australiano roubou a cena nesta quarta, diante de Jadson André.

Em 2018, Owen Wright liderou a bateria decisiva até os últimos minutos, mas levou a virada de Medina na última onda e saiu da água frustrado com o vice-campeonato.

Se repetir a dose nesta quarta-feira, Gabriel Medina assume a liderança do ranking mundial da WSL, no momento ocupada provisoriamente por Filipe Toledo.