Italo na decisão

Italo Ferreira derrota Leo Fioravanti em semifinal acirrada e encara Jeremy Flores na final do Quiksilver Pro France.

0
Italo Ferreira está na final do Quiksilver Pro France (foto de arquivo).

Em uma bateria acirrada, com muitas fechadeiras em La Graviere, o brasileiro Italo Ferreira superou o italiano Leo Fioravanti e garantiu vaga na grande final do Quiksilver Pro France.

Por 11.60 a 10.83 pontos, Italo levou a melhor diante de Leo, que vive na costa sudoeste da França, e agora terá outro local pela frente, Jeremy Flores, algoz do australiano Jack Freestone na primeira semifinal.

Logo no início confronto, o brasileiro chegou a sair da água mancando depois de tentar completar um aéreo e chocar-se com a prancha. A princípio, parecia que Italo abandonaria a bateria, mas o atleta trocou a prancha trincada e retornou mancando para a água.

Com muita dificuldade nas complicadas condições do mar, os dois atletas demoraram a entrar em sintonia com as ondas, mas a batalha ficou cada vez mais tensa e Leo chegou a liderar com 4.33 e 6.50. Para a alegria da torcida brasileira, Italo, que até então somava 4.53 e 6.17, conseguiu a virada com 5.43 e impediu uma final entre dois locais.

Fioravanti ainda lutou muito para recuperar a liderança e viu Italo perder a prioridade nos minutos finais. Nos últimos segundos, uma onda apareceu no pico e cada atleta foi para um lado, mas nenhum deles conseguiu melhorar a pontuação.

Agora, o brasileiro terá outra pedreira pela frente. Ídolo francês e finalista em casa pela primeira vez na carreira, Jeremy chega embalado pelo público e vem de três atuações expressivas nesta sexta-feira. Na semifinal, o atleta chegou a arrancar 9.00 e 7.33 nos tubos de La Graviere.

Desde a sua estreia no Quiksilver Pro France, em 2006, Jeremy nunca havia conseguido chegar às quartas de final em casa. Seus melhores resultados foram em 2011 e 2015, quando obteve o nono lugar.

Confira mais detalhes em nossas próximas atualizações.