Finalistas definidos

Yago Dora garante a última vaga no G-8 do Freshwater Pro e se junta a Gabriel Medina e Filipe Toledo na fase decisiva da etapa no Surf Ranch.

0
Yago Dora garante a última vaga no G-8 do Freshwater Pro.

Na tarde deste sábado (21/9), foram definidos os oito finalistas do Freshwater Pro, etapa do Tour que acontece no Surf Ranch, em Lemoore, Califórnia (EUA).

Os Tops Gabriel Medina, Filipe Toledo e Yago Dora representam o Brasil na fase decisiva da prova. Já Willian Cardoso, Italo Ferreira e Jessé Mendes foram eliminados.

Com 15.20 e 15.14 pontos, respectivamente, Willian e Italo ficaram muito perto do G-8, atrás de Yago Dora, que garantiu a última vaga com 15.27 pontos.

Já garantidos na final, Medina e Toledo ainda entraram na água, mas ambos se pouparam nitidamente para as próximas apresentações. O bicampeão mundial terminou o ranking em primeiro com 17.77 pontos, enquanto seu compatriota caiu para terceiro, com 16.07, depois de ser ultrapassado pelo sul-africano Jordy Smith, que arrancou 8.23 na direita e passou a totalizar 16.80.

Além do trio brasileiro, estão na fase decisiva Owen Wright, Jordy Smith, Griffin Colapinto, Adrian Buchan e Julian Wilson.

Lakey Peterson toma a última vaga de Courtney Conlogue no Feminino.

Entre as mulheres, a havaiana Carissa Moore conseguiu ultrapassar a francesa Johanne Defay com uma apresentação sensacional neste sábado, somando 8.83 e 9.43 em suas ondas, totalizando 18.26.

Johanne terminou em segundo lugar, atrás das das californianas Caroline Marks e Lakey Peterson, que se apresentaram muito no terceiro e último dia da competição.

Lakey conseguiu recuperar a quarta e última vaga, barrando a conterrânea Courtney Conlogue, que até conseguiu melhorar suas pontuações tanto na esquerda quanto na direita, mas acabou em quinto lugar.

Cronograma pendente do sábado:

13h27 (17h27): as 4 melhores começam a disputar 2 vagas na final feminina

13h59 (17h59): Início da segunda entrada das top-4 para definir as finalistas

14h31 (18h31): os 8 melhores começam a disputar 4 vagas na final masculina

15h35 (19h35): Início da segunda entrada dos top-8 para definir os finalistas

16h39 (20h39): Decisão do título feminino entre as 2 melhores – 1 entrada

16h55 (20h55): Decisão do título masculino entre os 4 melhores – 1 entrada

17h30 (21h30): Cerimônia de Premiação dos finalistas

O formato

A etapa tem um formato de competição especial, diferente das outras realizadas no mar, que dependem da natureza, swell, maré e ventos. No Surf Ranch, as condições são iguais para todos os competidores.

Os 36 participantes da categoria masculina e as 18 da feminina foram divididos em grupos de seis competidores na primeira fase e todos entrarão duas vezes na piscina para surfar uma esquerda e uma direita.

Serão somadas a maior nota na direita com a maior na esquerda e os dois que obtiverem as maiores pontuações de cada bateria, passam para a segunda fase. No masculino, serão 12 classificados nas seis baterias e mais 12 também avançarão, os que tiverem mais pontos entre todos e que não ficaram entre os dois primeiros das baterias.

Diferente da primeira rodada, na segunda fase cada surfista terá uma chance de aumentar seu somatório pegando uma direita e uma esquerda apenas. Alguns conseguirão melhorar, outros não, mas somente os oito que tiverem as maiores pontuações avançarão para a grande final.

A terceira fase, que definirá a classificação final do Freshwater Pro, zera tudo e passa a valer a maior nota na direita e na esquerda que os oito finalistas conseguirem nas duas chances que cada um terá para surfar de frontside e de backside. Depois, os quatro que obtiverem as maiores pontuações, irão decidir o título com mais uma oportunidade de tentar aumentar seu placar, pegando mais uma direita e mais uma esquerda.

Na categoria feminina, a dinâmica da competição será igual, porém adaptando-se ao número de participantes, que neste caso é de dezoito atletas divididas em três baterias de seis competidoras.