Winkipop é opção

Pico alternativo de Winkipop ganha força para receber as baterias do Rip Curl Pro Bells Beach.

0
WSL / Barripp
Winkipop é forte opção para receber as baterias do Rip Curl Pro Bells Beach.

Com a previsão não muito animadora para a primeira semana do Rip Curl Pro Bells Beach, os rumores são de que Winkipop, pico alternativo da etapa, possa receber as baterias da prova.

Coincidentemente, a etapa de abertura do Tour, na Gold Coast, foi toda disputada no pico de Duranbah, já que os fundos de areia em Snapper Rocks deixaram a desejar.

Na última semana, o Bowl de Bells Beach – palco principal da segunda etapa do Tour – proporcionou bons momentos no free surf, mas o cenário tem sido diferente nos últimos dias, com poucas ondulações entrando em cena.

A triagem, inclusive, aconteceu nas direitas vizinhas de Winkipop, um reef break raso com direitas longas e rápidas que costumam funcionar melhor na maré intermediária para cheia, com vento noroeste e ondulações de sul e oeste.

No segundo dia da janela de espera (chamada nesta quarta, às 17:45h no horário de Brasília), um swell de oeste-sudoeste deve trazer ondas em torno de 1,5 metro de face e séries maiores, mas o vento maral tende a prejudicar a formação no decorrer do dia.

A ondulação tende a diminuir um pouco no terceiro dia da janela de espera, mas ainda proporcionando ondas bastante manobráveis e influenciadas pelo vento leste (maral), que começa leve a moderado, ganhando força no decorrer do dia.

O sábado na Austrália (noite de sexta no Brasil) deve ter ondas um pouco menores, dessa vez com um leve vento norte (lateral) pela manhã, virando para lateral durante o dia.

No domingo, as ondas devem amanhecer ainda menores, ganhando força durante a tarde. Um forte vento terral é esperado pela manhã, mas tende a virar para lateral / maral depois do meio-dia.

A segunda-feira tem bom potencial, com ondas podendo ultrapassar os 1,5 metro de face e o vento soprando de forma lateral / maral pela manhã. Assim como no dia anterior, o maral deve prejudicar a formação das ondas do meio-dia em diante, dessa vez de forma moderada.

A previsão é de ondas menores na terça, principalmente durante a tarde. Os ventos devem soprar lateralmente pela manhã, virando para terral e em seguida para maral.

Um novo swell pode surgir na quarta-feira, com ondas em torno de 1,5 metro e vento terral pela manhã, virando para maral depois do meio-dia.