Toledo em alta velocidade

Filipinho faz bonito no terceiro round do Bali Protected em Keramas, Indonésia.

0
Filipe Toledo em sintonia com as direitas de Keramas.

O brasileiro Filipe Toledo impressionou por sua alta velocidade e pela quantidade de manobras expressivas realizadas nos curtos espaços oferecidos pelas direitas de Keramas, além das decolagens precisas que completou no terceiro round do Bali Protected, realizado neste domingo (19) em Bali, Indonésia.

Clique aqui para ver as fotos

Clique aqui para ver o vídeo

O swell esperado e previsto não deu as caras em toda a ilha de Bali, mas mesmo assim o dia começou com ondas de boa formação para as disputas dos tops da elite. As condições oscilaram no decorrer do dia em função da mudança de maré e as séries foram ficando mais escassas, o que obrigou a prova a ser paralisada depois da 12ª bateria do terceiro round. No geral, diversas baterias foram realizadas em ondas inconstantes e pequenas para os padrões do pico.

Depois da excelente atuação no primeiro round do evento, Filipinho voltou a se destacar e agora detém as duas melhores pontuações individuais do evento. Depois de bater o recorde do primeiro dia, agora também conquistou a segunda melhor nota (8.33) em sua bateria do terceiro round, na qual despachou o compatriota Caio Ibelli sem dificuldades.

“Eu estava assistindo algumas baterias aqui hoje de manhã e notei que as ondas estavam realmente lentas. Percebi que os surfistas que estavam se dando bem eram os mais ativos nas baterias, então foi isso que tentei fazer. Tentei surfar o maior número de ondas que pude e fui construindo as notas durante a bateria. Sempre que as ondas vieram tentei atacar ao máximo o lip e finalizar com os maiores aéreos que pude. Fiquei chateado de ver o Italo Ferreira ser derrotado. Ainda estamos no começo do ano e agora é quando tudo começa a ser construído, então precisamos de grandes resultados”, analisou Filipe Toledo.

Jack Freestone passa por dentro em Keramas.

Favoritos em queda – A grande surpresa do dia foi a derrota prematura dos dois primeiros colocados do ranking no terceiro round, John John Florence e Italo Ferreira, respectivamente.

Embalado pela recente vitória no Red Bull Airborne Bali, o australiano Jack Freestone apresentou excelente atuação, total sintonia com as direitas de Keramas e não encontrou grandes obstáculos para vencer Italo Ferreira por 11.26 a 4.77 pontos, inclusive pegando boas ondas mesmo sem estar com a prioridade. O brasileiro, defensor do título da etapa,  usou uma tornozeleira durante a bateria e pareceu realmente contundido, pois não esboçou grandes reações e nem apresentou as grandes performances que estamos acostumados a ver.

“Definitivamente esta foi uma grande vitória pra mim. Toda vez que você consegue ultrapassar o terceiro round já é uma grande vitória. Eu já dediquei muito do meu tempo aqui em Keramas e tenho uma relação muito especial com esta onda. Adoraria ganhar este evento”, concluiu Jack Freestone.

Joan Duru derruba o líder do ranking.

Já o líder havaiano John Joh Florence caiu diante de um inspirado francês Joan Duru, que o derrotou por 12.14 a 12.04 pontos, em bateria disputadíssima. O francês, que se requalificou para o CT de 2019 nos últimos momentos da temporada passada, realmente parece sempre crescer de performance sob pressão. Desta vez ele conseguiu a apertada virada na última onda da bateria, com uma nota 6.17 nos instantes finais, para surpresa geral.

“Eu sabia que precisava surfar muito bem para vencer essa bateria, mas procurei não pensar muito, apenas fiz o meu melhor. Lembrei do meu amigo francês Marc Lacomare surfando e quebrando aqui no Pro Junior, então só tentei fazer igual a ele”, revelou Joan Duru.

“Com certeza foi uma bateria muito difícil. Eu cometi alguns erros. Agora voltarei e assistirei tudo novamente para analisar cada um dos meus erros. As ondas estão super divertidas e obviamente o Joan Duru quebrou na última onda, mas eu não consegui ver de onde estava. Provavelmente ainda ficarei mais alguns dias aqui antes de ir pra Margaret River, na próxima semana”, disse John John Florence.

Kelly Slater aproveita as condições oferecidas.

Slater faz bonito – O 11 vezes campeão mundial Kelly Slater, aos 47 anos de idade apresentou uma performance convincente e eliminou o australiano Owen Wright por 12.50 a 8.30 pontos. As séries escassas também jogaram a favor do norte-americano, que soube aproveitar bem todas as oportunidades, tanto nos tubos, como nas paredes manobráveis das ondas.

“Eu amo o Owen Wright, ele é um grande cara. Nós tivemos uma sessão muito divertida recentemente em Winkipop, alguns dias depois do evento de Bells. Obviamente ele passou por muitas dificuldades, mas você tem que tirar essas coisas da cabeça. Eu entrei na bateria com a mentalidade de que aqui eu tenho vantagem e de que sou capaz de fazer o jogo certo. Minha prancha está bem encaixada nos meus pés, o que também é um verdadeiro reforço na minha confiança”, avaliou Kelly Slater.

Michael Rodrigues faz bonito em Bali.

Brasileiros em ação – Além de Filipe Toledo, Michael Rodrigues foi o único brasileiro que também venceu sua bateria do terceiro round até o momento. Ele eliminou o compatriota Yago Dora por 12.27 a 3.57 pontos na segunda bateria do dia. Jadson André, Deivid Silva e Willian Cardoso foram eliminados. Gabriel Medina, Peterson Crisanto e Jessé Mendes ainda irão competir pelo terceiro round quando a competição voltar pra água.

View this post on Instagram

Deus é bom o tempo todo! // God is good all the time!

A post shared by Michael Rodrigues (@michaelrodrigues85) on

Previsão das ondas – Para esta segunda-feira (domingo à noite no Brasil) é previsto que as ondas mantenham o mesmo tamanho, porém com séries lentas e espaçadas ao amanhecer. Melhoras devem acontecer no decorrer do dia, de acordo com a variação de maré.

Já na terça-feira espera-se que as ondas comecem a perder força, mas ainda apresentem tamanho suficiente. Ainda seria possível colocar as baterias na água caso seja necessário, mesmo estando longe do melhor cenário que Keramas pode oferecer. Os ventos jogam a favor no início do dia, mas devem piorar e ficarem intensos a partir do período da tarde.

Na quarta e quinta-feira as ondas devem estar bem pequenas, porém ainda assim surfáveis e com ventos que não atrapalham a formação.

Para sexta-feira e sábado, últimos dias da janela do evento, um bom swell é esperado e pode proporcionar as melhores condições de Keramas, com ondas ultrapassando os 2 metros de face e boa formação, de acordo com a previsão. Vale lembrar que até lá alguns fatores meteorológicos podem mudar no decorrer da semana.

Próxima chamada – A próxima chamada para o Bali Protected acontece neste domingo (19/05) às 20 horas (horário de Brasília). Quando a competição masculina voltar pra água, o brasileiro Gabriel Medina será o primeiro a competir e enfrentará o italiano Leonardo Fioravanti.

View this post on Instagram

Into the next round 🔥 // bora pro próximo round 🔥 Jesus ☝🏾 Photo: @_jackbarripp_

A post shared by Filipe Toledo (@filipetoledo) on

View this post on Instagram

@filipetoledo 8.33 #77model #sharpeyeteam @hurley 🎥: @baronisfilms

A post shared by Bruno Baroni (@baronisfilms) on

Corona Bali Protected 2019

Round 3 masculino

1 Julian Wilson (AUS) 12.23 x Jadson Andre (BRA) 8.00
2 Michael Rodrigues (BRA) 12.27 x Yago Dora (BRA) 3.57
3 Joan Duru (FRA) 12.14 x John John Florence (HAV) 12.04
4 Wade Carmichael (AUS) 11.63 x Deivid Silva (BRA) 11.44
5 Jack Freestone (AUS) 11.26 x Italo Ferreira (BRA) 4.77
6 Jeremy Flores (FRA) 13.74 x Willian Cardoso (BRA) 11.34
7 Conner Coffin (EUA) 10.33 x Griffin Colapinto (EUA) 7.33
8 Kolohe Andino (EUA) 14.54 x Ricardo Christie (NZL) 8.37
9 Filipe Toledo (BRA) 13.00 x Caio Ibelli (BRA) 7.13
10 Ryan Callinan (AUS) 11.76 x Seth Moniz (HAW) 9.50
11 Kelly Slater (USA) 12.50 x Owen Wright (AUS) 8.30
12 Michel Bourez (FRA) 9.13 x Rio Waida (IDN) 8.10
13 Gabriel Medina (BRA) x Leonardo Fioravanti (ITA)
14 Mikey Wright (AUS) x Adrian Buchan (AUS)
15 Kanoa Igarashi (JAP) x Peterson Crisanto (BRA)
16 Jordy Smith (AFR) x Jessé Mendes (BRA)

Round 4

1 Julian Wilson (AUS) x Michael Rodrigues (BRA)
2 Joan Duru (FRA) x Wade Carmichael (AUS)
3 Jack Freestone (AUS) x Jeremy Flores (FRA)
4 Conner Coffin (EUA) x Kolohe Andino (EUA)
5 Filipe Toledo (BRA) x Ryan Callinan (AUS)
6 Kelly Slater (EUA) x Michel Bourez (FRA)
7 A definir
8 A definir

Quartas de final feminina

1 Carissa Moore (HAV) x Brisa Hennessy (CRI)
2 Silvana Lima (BRA) x Sally Fitzgibbons (AUS)
3 Stephanie Gilmore (AUS) x Courtney Conlogue (EUA)
4 Bronte Macaulay (AUS) x Nikki Van Dijk (AUS)