Parceria nas ondas grandes

Danilo Couto e Seaway celebram parceria tradicional pelas ondas mais sinistras do planeta.

0
Danilo Couto no Havaí nesta temporada: longa história com a Seaway.

O big rider baiano Danilo Couto tem uma longa história com a Seaway. Em 1999, quando o atleta e diretor de marketing da marca Eduardo “Rato” Fernandes estava no Havaí gravando para o filme Surf Adventures, Danilo foi um dos brasileiros que mais lhe chamou a atenção na água.

Quando Rato voltou ao Brasil, vendo o grande potencial de Danilo para ser um big rider, sugeriu à Seaway a oportunidade de patrocinar o baiano, que até então era desconhecido no mundo do surfe.

Propaganda com Danilo em Pipeline logo após a sua contratação.

Na época, Danilo já tinha decidido trancar sua faculdade no Havaí para se dedicar ao surfe com foco total em ondas grandes. Desde então, junto com a Seaway, ele começou sua jornada de big rider caçando ondulações ao redor do mundo.

Danilo fez sua primeira trip para Mavericks, na Califórnia, já como atleta da Seaway. Naquela temporada, pegou ondas gigantes durante alguns swells que quebraram na temida bancada da região de Half Moon Bay.

Anúncio da Seaway nas revistas especializadas em 2000.

Além de ter sido finalista do XXL por sete vezes e conquistado o prêmio de Ride Of The Year em 2011, Danilo foi o único brasileiro convidado para o Eddie Aikau, que aconteceu em 2016 em condições extremas.

Junto com os mad dogs Yuri Soledade e Marcio Freire, Danilo foi um dos pioneiros a encarar as ondas gigantes de Jaws na remada. Na época, Danilo já era um big rider renomado e com isso ganhou ainda mais respeito da comunidade mundial surfe em ondas grandes.

Danilo Couto no air drop casca em Mavericks.

Durante o Peahi Challenge 2017, que rolou em condições épicas com ondas de até 30 pés na temida bancada de Jaws, Danilo chegou à semifinal e por pouco não disputou o título.

Além de surfar e competir nas ondas grandes, Danilo também está focado nos trabalhos com seu grupo, o BWRAG (Big Waves Risk Assessment Group), que visa educar e treinar surfistas para a prevenção dos riscos no oceano, protocolos de segurança, equipamentos, tecnologia e treinamentos de habilidades para maximizar segurança em suas próprias práticas e elevar a segurança daqueles com quem eles compartilham o lineup.

Danilo Couto surfou algumas das melhores esquerdas no Peahi Challenge de 2017.

Recentemente Danilo foi notícia no jornal “The Local Malibu” em uma matéria sobre o curso realizado pelo grupo BWRAG (Big Wave Risk Assessment Group), que fundou junto com outros renomados big riders.