A polêmica onda do ano

Tubo incompleto de Grant Baker em onda insana no Havaí recebe prêmio máximo do Big Wave Awards e gera polêmica nas redes sociais.

0
Grant “Twiggy” Baker na bomba que rendeu o prêmio de “onda do ano” do Big Wave Awards.

Na última quinta-feira (2/5), a WSL promoveu o tradicional Big Wave Awards, cerimônia que premia os melhores surfistas de ondas grandes dos últimos 12 meses.

Como de costume, a categoria que ofereceu a maior premiação foi a Onda do Ano (Ride of the Year), na qual o vencedor levou para casa a bolada de US$ 65 mil e o videomaker responsável pelo vídeo embolsou US$ 12 mil.

O dono da festa foi o sul-africano Grant “Twiggy” Baker, atual campeão mundial do Big Wave Tour e que surfou uma bomba em Jaws no dia 26 de novembro de 2018. De quebra, com a mesma onda, ele ainda faturou o prêmio de Maior Onda na Remada.

O prêmio tem sido muito contestado nas redes sociais, já que Twiggy não completou o tubo, apesar de ter encarado uma onda cabulosa, completando um drop espetacular.

O concurso já havia levantado algumas polêmicas antes mesmo do resultado, já que nomes como Albee Layer e Laurie Towner ficaram fora da lista de cinco finalistas da categoria.

E você, concorda com o resultado? Quem merecia levar esse prêmio?

Veja as ondas dos cinco finalistas do prêmio Ride of the Year:

Veja a onda de Laurie Towner em Fiji:

Veja a onda de Albee Layer em Jaws: