Medina contesta decisão

Eliminado do MEO Rip Curl Pro, Gabriel Medina discorda de interferência de prioridade e pede que bateria das oitavas de final seja reavaliada pela WSL.

0
Gabriel Medina pede revisão de bateria das oitavas de final do MEO Rip Curl Pro.

Depois de ser penalizado com uma interferência de prioridade sobre Caio Ibelli e acabar eliminado do MEO Rip Curl Pro neste domingo (20), Gabriel Medina contestou a decisão dos juízes e ainda tem esperanças de que a bateria seja reavaliada pela WSL.

“Gostaria de explicar o que aconteceu na minha bateria. Eu e Caio pegamos a mesma onda e cada um foi pra um lado. A minha onda foi mais curta e a dele foi mais longa. Tanto que enquanto eu voltava pro outside, ele ainda estava surfando a onda dele”, postou Medina em seu perfil no Instagram.

“Quando cheguei ao fundo, tinha tanta certeza que a prioridade era minha que não olhei para a placa de prioridade. Pra minha surpresa, quando veio a onda seguinte, acabei indo porque estava seguro que a prioridade era minha. Acabei levando a interferência”, continuou o Top brasileiro, que no momento da interferência liderava a bateria com notas 8.17 e 6.17 e certa tranquilidade.

View this post on Instagram

Gostaria de explicar oque aconteceu na minha bateria. Eu e Caio pegamos a mesma onda e cada um foi pra um lado. A minha onda foi mais curta e a dele foi mais longa. Tanto que enquanto eu voltava pro outside, ele ainda estava surfando a onda dele. Quando cheguei no fundo, tinha tanta certeza que a prioridade era minha que não olhei pra a placa de prioridade. Pra minha surpresa, quando veio a onda seguinte, acabei indo porque estava seguro que a prioridade era minha. Acabei levando a interferência. Quando saí da água fui falar com os juizes. Olhamos as imagens abertas, de nós dois voltando remando para o fundo, com um angulo da câmera aberto. Ficou bem claro que eu cheguei bem antes. E mesmo que eu tivesse chegado junto com ele e tivesse um empate, a prioridade seria minha pela regra. Porque na onda que surfamos juntos antes, o Caio tinha a prioridade 1. Tenho a esperança que a minha bateria seja reavaliada pois ocorreu um erro. ll I am still very hopeful that my heat will be reviewed.

A post shared by G. Medina (@gabrielmedina) on

“Quando saí da água fui falar com os juízes. Olhamos as imagens abertas, de nós dois voltando remando para o fundo, com um ângulo da câmera aberto. Ficou bem claro que eu cheguei bem antes. E mesmo que eu tivesse chegado junto com ele e tivesse um empate, a prioridade seria minha pela regra. Porque na onda que surfamos juntos antes, o Caio tinha a prioridade 1. Tenho a esperança que a minha bateria seja reavaliada, pois ocorreu um erro”, complementa Medina, que até o momento não teve seu pedido atendido pela WSL.

Já Caio Ibelli, que briga para se manter na elite mundial, comemorou a importante vitória que o coloca no dia decisivo do MEO Rip Curl Pro.

“Eu tinha pego uma direita antes, ele (Medina) pegou uma esquerda e eu cheguei no outside antes dele para ganhar a prioridade”, relata Ibelli, que depois de ser bloqueado ficou precisando de nota 2.77 e conseguiu 3.10, eliminando Medina pelo placar de 8.50 a 8.17.

View this post on Instagram

@gabrielmedina tem interferência computada sobre @caioibelli e é eliminado nas oitavas de final do MEO Rip Curl Pro Portugal em Supertubos, Peniche. Acompanhe a transmissão ao vivo e confira a cobertura completa em Waves.com.br #RipCurlPro @WSLBrasil #Portugal #Surf #Surfing #WSL #ChampionshipTour #Peniche #Supertubos

A post shared by Waves (@wavesbr) on

“Aí quando veio a onda, ele estava muito perto de mim, mas vi que a prioridade era minha, então remei com força para aquela onda. Eu sei que ele não comete esse tipo de erro, mas aconteceu, pois era minha vez de pegar a onda. Para mim, o Gabriel é o melhor surfista do mundo e eu o admiro e o respeito muito. Ele realmente venceu a bateria no surfe, mas foi eu que me classifiquei, felizmente”, complementa Caio, que garante ao menos um quinto lugar na penúltima etapa da temporada.

View this post on Instagram

🇧🇷 @caioibelli avança às quartas de final do do MEO Rip Curl Pro Portugal e fala sobre a interferência computada para Gabriel Medina durante o confronto em Supertubos, Peniche. Acompanhe a transmissão ao vivo e confira a cobertura completa em Waves.com.br 🎤: @fernandoiesca #RipCurlPro @WSLBrasil #Portugal #Surf #Surfing #WSL #ChampionshipTour #Peniche #Supertubos

A post shared by Waves (@wavesbr) on