Caroline vence em Peniche

Norte-americana Caroline Marks faz segunda final consecutiva no circuito da elite e vence o MEO Rip Curl Pro Portugal.

0
Caroline Marks vence pela segunda vez no ano.

Caroline Marks é a grande campeã da etapa portuguesa do circuito da elite do surfe mundial. No caminho até a vitória a norte-americana passou pela australiana Stephanie Gilmore nas quartas, pela brasileira Tatiana Weston-Webb na semi e superou a sua conterrânea Lakey Peterson na final.

Clique aqui para ver as fotos

Nas três baterias Caroline deixou suas adversárias precisando de boas notas para reverter o placar: Stephanie perdeu precisando de 8.50, Tatiana de 7.96 e Lakey de 13.73 pontos. A melhor apresentação da norte-americana foi nas quartas, quando soltou duas fortes manobras de frontside numa esquerda para arrancar 8.17 dos juízes. Com o título a norte-americana subiu da quarta para a terceira posição no ranking. Essa foi a segunda vitória dela no ano. A primeira foi na Gold Coast, Austrália. E essa foi a segunda final consecutiva dela, já que na França a surfista foi a vice-campeã.

“Foi incrível realizar esse sonho em fazer uma final com a Lakey (Peterson) e vínhamos conversando sobre isso desde que comecei a trabalhar com o Mike Parsons (técnico das duas atualmente)”, disse Caroline Marks. “Eu só quero agradecer a ela por me pressionar tanto e eu não estaria aqui se não fosse isso. Estou muito feliz porque esse ano é o melhor ano da minha vida. É até difícil de acreditar que estou na briga do título mundial. Era o objetivo e não vou mudar nada, só continuar surfando o dia todo e me divertir fazendo o que eu mais amo”.

Lakey – A vice-campeã do MEO Rip Curl Pro Portugal passou sem destaque da australiana Nikki Van Dijk nas quartas, porém na semi teve que subir o nível para bater a havaiana Carissa Moore, que se vencesse a etapa poderia já sair de Portugal com mais um título do CT.

Carissa conquistou a maior nota entre as meninas nas quartas, quando derrotou a francesa Johanne Defay. Com um tubo e duas fortes manobras a havaiana anotou 9.33. No duelo contra Lakey, a havaiana até começou bem, mas viu sua adversária conquistar a excelente nota 8.00 e não conseguiu reagir.

Na finalíssima Lakey não achou as ondas, enquanto Caroline colocou 7.40 e 6.33 no somatório e venceu pelo amplo placar de 13.73 a 6.27.

Lakey Peterson segue como vice-líder do ranking.

Tatiana – O último dia do evento feminino MEO Rip Curl Pro Portugal teve a participação da brasileira Tatiana Weston-Webb. Após surfar bem as esquerdas nas quartas de final, quando eliminou a australiana Sally Fitzgibbons, a brazuca não entrou em sintonia com o pico de Supertubos, em Peniche, enquanto Caroline escolheu bem as ondas, surfou bem e seguiu em frente. Com a terceira posição Tatiana subiu da oitava para a sétima posição no ranking.

Tatiana Weston-Webb para na semifinal.

Última etapa – A última etapa do circuito feminino da elite do surfe acontece no Havaí entre os dias 25 de novembro e 6 de dezembro, nas direitas perfeitas de Honolua Bay, na ilha de Maui.

Final

Campeã Caroline Marks (EUA) 13.73
Lakey Peterson (EUA) 6.27

Semifinais

1 Caroline Marks (EUA) 13.16 x 7.70 Tatiana Weston-Webb (BRA)
2 Lakey Peterson (EUA) 13.23 x 11.50 Carissa Moore (HAV)

Quartas de finais

1 Caroline Marks (EUA) 15.17 x 12.07 Stephanie Gilmore (AUS)
2 Tatiana Weston-Webb (BRA) 13.67 x 9.14 Sally Fitzgibbons (AUS)
3 Carissa Moore (HAV) 16.06 x 7.50 Johanne Defay (FRA)
4 Lakey Peterson (EUA) 11.33 x 8.83 Nikki Van Dijk (AUS)

Ranking após a etapa de Portugal

1 Carissa Moore (HAV) 58.600 pontos
2 Lakey Peterson (EUA) 55.125
3 Caroline Marks (EUA) 53.410
4 Sally Fitzgibbons (AUS) 48.950
5 Stephanie Gilmore (AUS) 44.555
6 Courntney Conlogue (EUA) 41.080
7 Tatiana Weston-Webb (BRA) 38.085
8 Johanne Defay (FRA) 35.950
9 Malia Manuel (HAV) 35.155
10 Brisa Hennessy (CRC) 27.060
12 Silvana Lima (BRA) 23.585