Italo estreia com vitória

Italo Ferreira consegue classificação suada no segundo dia do Red Nose Pro no litoral norte paulista.

0
Italo Ferreira garante vaga na quarta fase do QS 3.000 em Maresias.

Cabeça de chave número 1, o potiguar Italo Ferreira estreou com uma vitória emocionante nesta quinta-feira (1) no Red Nose São Sebastião Pro em Maresias (SP).

Clique aqui para ver as fotos

Grande atração do QS 3.000, que está sendo disputado na Praia de Maresias, em São Sebastião, o atual número 4 do CT e único a garantir três vitórias nesta temporada, apostou nos aéreos, mas as condições das ondas não ajudaram, e ele só garantiu a vaga para o round 4 nos instantes finais, também voando.

“Foi muito difícil a bateria. Eu achei que na esquerda iria conseguir dar uns aéreos, mas não estava do jeito. Estava sem parede e acabou prejudicando. Optei pelos aéreos, porque o vento está bom, então segura a prancha, mas deveria ter usado a estratégia de ter ido para o outro lado do palanque, onde a bancada está rasa, tem uma esquerda correndo e tem um pouco mais de junção, mas o importante é passar e tentar fazer melhor na próxima”, comenta Italo.

Apesar de não precisar de pontos, Italo demonstra a sua “veia” de competidor e já adianta que veio para vencer, até para dar retorno a um de seus patrocinadores, a Red Nose Energy Drink. “Sem dúvida. Competição a gente entra para ganhar. Eu dei o sangue ali para virar na última onda”, revelou. “A onda foi bem pequena e tentei espremer o máximo para conseguir os pontos e foi legal”, acrescentou.

Samuel Pupo arranca o maior somatório do dia.

Quem também fez bonito no segundo dia de disputas foi Samuel Pupo. Competindo “em casa”, ele garantiu a maior pontuação do dia, com 14.74 pontos de 20 possíveis nas duas melhores ondas. “Foi muito bom estar aqui em casa competindo. Ano passado perdi de cara, estava um pouco tenso, então vim mais relaxado e funcionou. Praticamente fiz uma bateria perfeita e estava em sintonia com o mar, o mais importante”, comentou o atleta, que acaba de completar 18 anos.

Samuca tem ótimas recordações de Maresias. Além de ser a praia onde treina diariamente, foi campeão internacional do Rip Curl Grom Search, em 2014, mesmo título conquistado por Gabriel Medina em 2010. Já no ano seguinte fez a sua estreia em disputas profissionais, justamente no QS. “Venci o trials e competi com o Gabriel e dois atletas que precisavam de pontos para se classificar para o CT. Foi dureza, mas avancei com o Gabriel. Foi demais”, lembrou.

Satisfação O empresário Marcelo Cunha Leitão, diretor-executivo da Red Nose, não escondia a satisfação do sucesso do evento. “Está maravilhoso, altas ondas, o evento está lindo, super organizado”, vibrou, já anunciando uma novidade para 2019. “Vamos reeditar o Red Nose Tow In em 2019, evento que foi o começo de tudo. Fizemos o primeiro em 2008, aqui em Maresias, depois 2009 e 2010, e queremos voltar”, anunciou.

Marcelo também destacou a relação pessoal com Maresias e a emoção ao ver a bateria de Italo. “Aqui é maravilhoso. Amo! Tive casa quase 25 anos, ainda frequento essa praia e meu filho praticamente nasceu aqui. É um lugar abençoado”, relatou. “Nossa! Sofri! Estou torcendo por ele, não só por ser nosso atleta Red Nose Energy Drink, mas porque boto maior fé no seu surfe, por ser humilde, do bem. Gosto muito dele. Tenho certeza de que vai ser campeão mundial”, elogiou.

Marcelo Cunha Leitão e Italo Ferreira nos bastidores do Red Nose Pro.

O evento segue até domingo (4) e garante ao campeão 3.000 pontos no ranking QS e US$ 12 mil de premiação, de um total de US$ 75 mil. Nesta sexta-feira, feriado de Finados, uma das atrações promete ser a disputa pelo título sul-americano da WSL. Dois atletas disputam o caneco, Wesley Santos, de Peruíbe, no litoral sul de SP, que comemora a conquista se chegar nas quartas de final, e Renan Pulga, talento local, da vizinha praia de Camburi.

O Red Nose São Sebastião Pro 2018 é uma realização da World Surf League (WSL). Patrocínio: Red Nose, Prefeitura de São Sebastião, Jeep e Corona. Apoio: Confederação Brasileira de Surf, Federação Paulista de Surf, Associação de Surf de São Sebastião (ASSS) e Associação de Surf de Maresias (ASM). Divulgação: 89 FM e Waves.