Madson e Filipe no gás

Madson Costa volta a aprontar no QS 5.000 da Cacimba do Padre e Filipe Toledo faz bonito na estreia.

0
Madson Costa passa por dentro da Cacimba do Padre no caminho da vitória na bateria.

Madson Costa segue a todo vapor no Elétron Energy apresenta Oi Hang Loose Pro Contest, etapa do QS de nível 5.000 que acontece na Cacimba do Padre, Fernando de Noronha (PE). O potiguar, que foi o melhor da terça-feira (11), voltou a aprontar nessa quarta, mas dessa vez com os tubos. Num deles, a nota foi excelente, 8.67 pontos, que somada a 7.00 em outro barrel, deram a ele a vitória com 15.67 de somatório, o maior da prova até o momento.

Clique aqui para ver as fotos

“Eu fiquei muito calmo na hora em que eu estava com o Matheuszinho (Navarro) lá no outside. Esperei, aí veio a primeira onda e peguei um tubaço que valeu 7.00. Voltei para o outside, esperei a boa e veio a do 8.67. To felizão de passar essa fase, e é isso aí, quero passar todas as fases até chegar na final”, disse Madson, que também comentou a ligação com Fernando de Noronha. “A galera aqui me recepciona muito bem. Só tenho a agradecê-los, estou na vibe deles aqui”.

Quem também fez bonito nas ondas de 1 metro em média da Cacimba do Padre foi Filipe Toledo. O Top da elite abriu a segunda fase da competição e com três fortes manobras de backside arrancou 8.33 e venceu com o somatório de 15.00 pontos.

“É muito bom começar um evento com uma boa apresentação, porque a confiança vai lá no alto”, disse Filipe Toledo. “É bom demais estar aqui em Noronha recarregando as energias e estou me sentindo bem, as pranchas estão boas, então é só se divertir. O mar estava bem difícil na minha bateria. Mesmo não estando muito bom, tem a onda boa, tanto que consegui pegar uma ali. É só saber esperar e fazer as manobras nos lugares certos. Tem que saber ler a onda muito bem e não vejo a hora de competir de novo aqui”.

Filipe Toledo escova uma esquerda e marca uma nota excelente.

Por enquanto, apenas Madson e Filipe marcaram notas excelentes, mas, nesta quarta-feira, alguns surfistas chegaram perto, como Weslley Dantas (7.67), o francês Joan Duru (7.33), o norte-americano Jake Marshall (7.43), Willian Cardoso (7.70) e Jessé Mendes (7.33). Todos eles também se garantiram na terceira fase do Elétron Energy apresenta Oi Hang Loose Pro Contest.

“A Cacimba é sempre um desafio a parte, pois as ondas mudam muito rápido, então você tem que estar sempre instigado pra surfar em qualquer condição e acho que isso me favoreceu”, disse Willian Cardoso. “Eu entrei com vontade de surfar lá no canto (próximo ao Morro Dois Irmãos), mas a onda estava muito torta, muito mexida, com pouco potencial de nota. Então, fui para a parte mais limpa e fui abençoado com duas ondas boas para fazer as manobras que eu tinha na cabeça e deu certo”.

Willian Cardoso chega perto da nota excelente.

Próxima chamada – A próxima chamada para o Elétron Energy apresenta Oi Hang Loose Pro Contest acontece na quinta-feira, às 6:30 (de Brasília).

Veja as disputas ao vivo no Waves.

Oi Hang Loose Pro Contest.

Primeira fase

Baterias dessa quarta-feira (12)

5 Cauã Costa (BRA) 11.06 x Vasco Ribeiro (POR) 9.44 x Pericles Dimitri (BRA) 8.13
6 Douglas Silva (BRA) 9.96 x Thomas Ledee (FRA) 9.47 x Rodrigo Saldanha (BRA) 7.00
7 Alan Jhones (BRA) 11.10 x Victor Bernardo (BRA) 8.44 x Bernardo Miranda (BRA) 7.87
8 Kaue Germano (BRA) 10.50 x Alan Donato (BRA) 8.53 x Pedro Costa Bernardi (BRA) 4.53

Segunda fase

1 Filipe Toledo (BRA) 15.00 x Luke Gordon (EUA) 12.00 x Yuri Gonçalves (BRA) 10.83 x Samuel Igo (BRA) 7.77
2 Marcos Correa (BRA) 11.53 x Marco Giorgi (URU) 10.63 x Sidney Guimarães (POR) 6.94 x Patrick Tamberg (BRA) 6.20
3 Weslley Dantas (BRA) 14.07 x Santiago Muniz (ARG) 11.00 x Ruben Vitoria (ESP) 9.53 x Patrick Plachi (BRA) 9.17
4 Joan Duru (FRA) 12.10 x Junior Lagosta (BRA) 10.24 x Mateus Sena (BRA) 8.97 x Bino Lopes (BRA) 3.46
5 Jake Marshall (EUA) 13.93 x Jhony Corzo (ME) 10.83 x Gabriel Adisaka (BRA) 9.13 x Luan Carvalho (BRA) 8.26
6 Willian Cardoso (BRA) 14.13 x Charly Quivront (FRA) 8.47 x Brayner Silva (BRA) 5.87 x Yago Vaz (BRA) 5.64
7 Ian Gentil (HAV) 10.50 x Edgard Groggia (BRA) 9.63 x Marco Fernandez (BRA) 9.24 x Pedro Dib (BRA) 7.33
8 Luel Felipe (BRA) 12.43 x Robson Santos (BRA) 9.90 x Luke Dillon (ING) 8.20 x Kyllian Guerin (FRA) 8.16
9 Jesse Mendes (BRA) 13.00 x Renan Pulga (BRA) 10.84 x Gustavo Dvorquez (CHI) 7.70 x Kaue Auzier (BRA) 5.33
10 Madson Costa (BRA) 15.67 x Wiggolly Dantas (BRA) 9.17 x Matheus Navarro (BRA) 9.04 x Brian Perez (ELS) 6.46
11 Miguel Tudela (PER) 13.10 x Deyvson Santos (BRA) 9.43 x Hizunome Bettero (BRA) 5.20
12 Heitor Alves (BRA) 10.73 x Geovane Ferreira (BRA) 10.40 x Miguel Pupo (BRA) 10.13 x Tyler Gunter (EUA) 8.34