Meira é o Brasil

Kainan Meira é o único brasileiro na briga pelo título do Vissla World Junior Championship.

0
Kainan Meira é o único brasileiro na briga pelo título do Vissla World Junior Championship .

O paranaense Kainan Meira é o único brasileiro que permanece na briga no Mundial Sub 18 da ISA em Huntington Beach, Califórnia (EUA). Nesta sexta-feira (1/11), mais oito representantes da equipe verde-amarela deram adeus às disputas.

Clique aqui para ver as fotos

Na quarta fase da repescagem da categoria Sub 16, Kainan totalizou 15.64 pontos para vencer seus adversários. Na mesma fase, o paraibano Yuri Barros foi eliminado em sua bateria e o paulista Caio Costa avançou em segundo lugar no duelo vencido pelo costa-riquenho Aarón Ramírez.

Em seguida, os brasileiros tentaram a dobradinha, mas apenas Kainan seguiu adiante, obtendo 9.80 pontos para levar a segunda vaga, contra 9.10 de Caio, que terminou em terceiro e foi eliminado junto com o canadense Reed Platenius. O vencedor do confronto foi o chileno Noel de la Torre.

Caio Costa avança uma bateria, mas cai na quinta fase da repescagem.

Kainan Meira ainda voltou ao outside para disputar a sexta fase da repescagem, e novamente não decepcionou. Com 10 pontos, o paranaense passou atrás do havaiano Kai Paula, deixando em terceiro o australiano Zeb Stokes e em quarto o israelense Kayam Amar.

O próximo desafio do brazuca é contra o português Joaquim Chaves, o japonês Tenshi Iwami e o chileno Noel de la Torre. Para garantir vaga na finalíssima, Kainan precisa superar quatro confrontos.

Na sub 18 masculina, Heitor Mueller e Lucas Vicente foram bem na quarta fase da repescagem, enquanto Diogo Santos deu adeus à competição.

Já na quinta fase da repescagem, Mueller e Vicente amargaram o quarto lugar em suas respectivas baterias.

Sophia Medina também está fora da prova.

Na Sub 16 feminina, Sophia Medina passou pela quarta fase da repescagem, mas não resistiu ao confronto seguinte, caindo diante da francês Juliette Lacome e da espanhola Melania Suárez, que obteve 7.70 pontos, contra 6.20 da brasileira.

As brasileiras também se despediram da Sub 18 feminina. Primeiro foi a vez de Maju Freitas cair na terceira fase da repescagem.

Em seguida, também pela repescagem, Julia Duarte passou pela quarta fase, mas não resistiu ao confronto seguinte, perdendo em uma bateria muito acirrada. A brasileira anotou 10 pontos, contra 10.50 da neozelandesa Saffi Vette e 10.30 da espanhola Daniela Boldini.

Uma nova chamada acontece neste sábado (2), às 11:15 horas (de Brasília). O evento é transmitido ao vivo pelo Waves.