Guarujá para poucos

0

Em outubro passado, um potente swell de leste despertou os tubos da laje chamada “The Rock”, no Guarujá (SP).

 

Os bodyboarders da região esperavam pacientemente pela direção certa do vento para dominarem completamente as ondulações mutantes e pesadas da perigosa laje de pedras.

 

Sem dúvida, estas são as mais cascudas da nossa ilha e se concentram em aproximadamente 3 metros quadrados de mar, com um apertado line up disputado entre a galera.

 

O drop só é possivel de ser completado no ponto exato em que a onda suga, caso contrário, boca na rocha!

 

Tudo rola num clima amigável entre os bodyboarders, com certa hierarquia natural. 

 

Nem todos possuem experiência para ficar à vontade e arriscar a pele nas maiores da série.

 

Rola uma espécie de tensão misturada com a excitante experiência que é entubar e sair ileso sem ganhar cortes e arranhões. 

 

A hora certa da maré é quando “The Rock” confirma a sua fama da onda mais pesada do Guarujá. 

 

O pico produz tubos largos e que ao longo dos anos serve de aprendizado para os que se arriscam. É disparado o surf mais perigoso e cobiçado pelos bodyboarders locais